Alexa
Publicidade
As notícias do momento

Turquia devolve à natureza 7.500 rãs caçadas ilegalmente

A guarda turca libertou as rãs ilegalmente caçadas que seriam destinadas ao consumo na China e na França.
A guarda turca libertou 7.500 rãs caçadas ilegalmente depois de descobrir um grupo de caça ilegal. Os oficiais detiveram cinco homens com acusações de tráfico de rãs, depois de descobrir os anfíbios em dezenas de redes dentro de um micro-ônibus na província de Anatólia, em Nevischir, disse a agência estatal de notícias Anadolu nessa quarta-feira (18). Os suspeitos disseram que deveriam enviar os animais a Adana, no Sul da Turquia, de onde deveriam ser exportados para a França e a China, onde as rãs são consumidas. Os oficiais libertaram os animais no Rio Kizilirmak, um dos maiores da Turquia, que flui para o Mar Negro. Hasan Huseyin Dogancay, chefe de uma agência de pecuária local, disse à Anadolu que foi a primeira vez que encontrou caça em grande escala. "Nós acabamos de devolver as rãs de volta à natureza porque foram capturadas sem permissão e fora das áreas de caça permitidas", disse ele. Os conservacionistas pediram restrições à caça à rã devido à...
Publicidade