Vai chegar um tempo em que a água será o bem mais precioso do planeta, irá valer mais que o ouro e o petróleo. Em algumas áreas do Oriente Médio já existem situações hidroconflitivas, isto é, casos de tensões geopolíticas geradas pela disputa e utilização da água. A Terra é constituída por 71% de água e 29% de superfície terrestre tem água; porém, de toda essa água existente, apenas 2,5 % é doce e utilizável e desta, somente 0,1% é potável. Os 97,5% restantes correspondem às águas dos mares e oceanos. Mas o problema da falta de água não está tão longe de nós, brasileiros. O Brasil, dono do maior potencial hídrico do planeta, corre o risco de chegar a 2015 com problemas de abastecimento de água em mais da metade dos municípios.

Publicidade
Publicidade

Nosso país ainda não alcançou o padrão que algumas culturas já assumiram em relação ao cuidado com a água; o desperdício é muito grande. Isso é comprovado em nosso dia-a-dia: escovamos os dentes com a torneira aberta; lavamos o carro com a mangueira aberta; tomamos banho com o chuveiro aberto...E precisamos mudar! O ideal seria que essa conscientização em economizar água ocorresse naturalmente, mas parece que isto está longe de se tornar real, devido ao fato de pagarmos muito pouco pela água.

Acho que essa mudança em relação ao desperdício só irá acontecer quando começar a pesar nos nossos bolsos, como acontece com a energia elétrica. Quando a conta vem alta, no mês seguinte adotamos alguns hábitos como: apagar a luz ao sair do quarto; ligar o ar condicionado só à noite; a máquina de lavar só uma vez na semana, e outros.

Publicidade

É muito importante preservar este recurso, e isto pode ser feito com atitudes simples como fechar a torneira enquanto escovamos os dentes e nunca deixar pingando; reduzir cinco minutos do nosso banho; não jogar lixo nas ruas, para evitar enchentes e a poluição de rios e mares, mudanças que estão ao alcance de todos nós. Acredito que se cada um fizer um pouco, no final fará uma grande diferença. Enfim, vamos acabar com o desperdício e não com a água. Pensem nisso! #Opinião