Um dos #Animais mais bonitinhos e mal compreendidos são os morcegos. Em geral, estes animais são mamíferos voadores frutívoros, ou seja, comem frutas. Porém sempre são relacionados com características hematófagas, se alimentar de sangue, e para entender e esclarecer que mesmo os hematófagos são bonzinhos, vamos falar um pouco sobre os morcegos que chupam sangue.

Primeiro devemos esclarecer que estes morceguinhos representam apenas três espécies, das mais de 1100 espécies de morcegos no mundo, são estes Desmodus rotundus, Diphylla ecaudata e Diaemus youngi.

Não é necessário dizer que por conta do hábito alimentar destes animais, eles foram durante muito tempo associados a vampiros, porém devemos salientar que eles não possuem preferência por sangue humano, mamífero ou de qualquer grupo, havendo sangue para eles, já é mais do que suficiente.

Publicidade
Publicidade

Eles também não sugam o sangue como é sugerido, na verdade eles cortam a pele do animal com seus dentes e começam a lamber a ferida. Este processo de lamber tem dois motivos principais, o primeiro é pegar o sangue e trazer para a boca, o segundo é espalhar na ferida sua saliva, que possui um anticoagulante, fazendo com que não pare de sangrar.

Como disse antes, eles se alimentam de qualquer animal, sendo assim, é muito comum encontrar galinhas e aves sendo atacadas por estes animais, um fato curioso sobre isto é que eles se "fingem" de pintinhos, imitando o som, para enganar o galinheiro e se alimentar.

Como se não bastasse, seu metabolismo é extremamente acelerado, logo eles conseguem consumir metade do seu peso corporal por refeição, que demora em torno de 20 a 30 minutos, e depois de alguns minutos após ter se alimentando, ele urina para eliminar os líquidos.

Publicidade

Mas não pensem que ele não sabe quem estão chupando, eles possuem seus sentidos, em especial o olfato, bem apurados, e conseguem identificar a presa. Neste sentido eles também possuem outros mecanismos como terminações nervosas no nariz responsáveis por sentir radiação infravermelha, audição bem aguçada e neurônios especializados que reagem apenas com o som da respiração. Outro detalhe importante, é que ele reconhece suas presas, sempre voltando para se alimentar no mesmo animal.

Gostou? Tem dúvidas ou sugestões para um próximo animal? Fique à vontade no comentário. #Curiosidades