Austrália - Um enorme incêndio fora de controle atingiu o sul da Austrália, em particular o estado de Adelaide. Milhares de pessoas fugiram de suas casas para escapar das chamas que tocaram em uma grande área arborizada. Para piorar a situação, houve um vento forte. Quatro bombeiros ficaram feridos durante as operações de combate a incêndios. A magnitude do fogo parece ser mais grave do que a que ocorreu na quarta-feira de cinzas de 1983, quando houve um saldo de setenta mortes.

A área é habitada por cerca de quarenta mil pessoas que foram exortados a saírem de suas casas o mais rapidamente possível pelas autoridades locais.

Publicidade
Publicidade

"Nós estamos lutando agora com um fogo extremamente perigoso", disse o chefe dos bombeiros da Austrália do Sul, Greg Nettleton. Seis casas foram completamente destruídas, um número que pode subir em conta do fato de que os ventos estão se fundindo a 110 km/h. Felizmente não houve feridos graves. Nessa época do ano, a seca e as temperaturas que alcançam trinta graus, multiplicam as situações de risco. Segundo as autoridades locais, as colinas de Adelaide, conhecidas no mundo pela produção vinícola, localizadas à nordeste da cidade, enfrentam "um incêndio incrivelmente perigoso", acompanhado de fortes ventos e de temperaturas muito elevadas, contra os quais está difícil lutar. Sempre segundo as autoridades, levará dias para que tudo volte à normalidade.

"A pior situação ocorreu no estado de Adelaide, onde centenas de pessoas arriscaram suas vidas - disse o porta-voz dos bombeiros Daniel Hamilton - foi solicitado aos moradores de 19 comunidades para deixarem próprias casas." 
Pelo menos dois mil bombeiros e dezenas de aviões estão trabalhando para resolver a situação de emergência. Apenas alguns anos atrás, em 2009, cento e setenta e três pessoas morreram e duas mil casas foram destruídas no fogo que atingiu o estado de Victoria (Austrália).

Nas últimas horas sete bombeiros ficaram feridos ao tentarem apagar as chamas.

Publicidade

Por enquanto, não houve vítimas. #Natureza