Não é novidade deste ano que inteiras regiões do Brasil sofram com secas e falta de água. No verão 2014/2015 a falta de chuva constante atingiu a região do sudeste em particular São Paulo. A estiagem gerou problemas de abastecimento em muitas cidades da região, afetando até a economia do Brasil.

Desde o agravamento da crise hídrica no estado de São Paulo muitos deputados da assembleia paulista fizeram muitas propostas de lei pontando a economizar o uso deste bem primário no Estado.



Enquanto os deputados discutem sobre as leis que vão aprovar, vários municípios da área metropolitana tomaram as próprias medidas que podem ser facilmente adotadas por qualquer pessoa e que são muito uteis para evitar o desperdiço de água:

- Para lavar o carro é melhor usar balde e pano.

Publicidade
Publicidade

Segundo o Sabesp usando este método se podem poupar até 520 litros de água.

- Repare os vazamentos. A perda de água involuntária pode parecer mínima, mas faz multiplicando-a por grandes números uma enorme diferencia.

- Mantenha as torneiras fechadas. Manter uma torneira aberta sem necessidade, seja para escovar os dentes ou lavar a louça, gera um desperdiço enorme de água.

- Cubra a piscina. De acordo com os dados da Sabesp cerca de 4000 litros de água, numa piscina de médio tamanho, são desperdiçados todos os peses por evaporação.

- Utilize a vassoura para limpar as calçadas e as sarjetas e utilizar quanto menos possível a mangueira para limpar a parte externa. Assim se poupariam mais de 280 litros de água.

É claro que estas medidas não resolverão o problema do abastecimento, mas com certeza vão evitar o desperdiço inútil das reservas.