O Carnaval está chegando e para quem tem um bichinho de estimação e não pode levá-lo junto, começam as dúvidas: 'Onde vou deixar meu cachorro?' ou 'Será que o vizinho vai cuidar direitinho do meu gato?'.

Para não deixar a tão esperada viagem virar uma grande dor de cabeça, existem duas ótimas opções para deixar os pets em segurança.

A primeira delas é buscar um hotel especializado. Muitos contam com grande área verde para que o seu animalzinho possa brincar livremente e gastar energia. A outra opção, que tem ganhado muitos adeptos, é contratar uma pet sitter (babá de #Animais de estimação), uma pessoa que vai visitar o seu cão em casa, dar comida, trocar a água, limpar o ambiente e ainda dedicar atenção para o bichinho.

Publicidade
Publicidade

Mas, antes de contratar qualquer um dos serviços, é importante ter alguns cuidados.

Visite o local

No caso dos hotéis, é sempre bom ver de perto o lugar onde você vai deixar seu bichinho de estimação. Veja as instalações e o canil. Verifique se existe um veterinário responsável para casos de emergência. Em locais onde ficam muitos animais juntos é importante manter sempre as vacinas, vermífugos e anti-pulgas em dia para evitar transtornos depois da viagem. Outro ponto importante é observar a relação entre os animais que estão hospedados e os tratadores do local, se eles estiverem felizes, é um ótimo sinal de que estão sendo bem tratados pela equipe. Muitos locais dispõem de brinquedos e espaços abertos para que os bichinhos corram e gastem toda a energia do dia, então, se seu cão for daqueles que adora correr e brincar, aproveite.

Publicidade

Limpeza, organização e conforto também merecem atenção.

Conheça o profissional

Caso a sua opção seja contratar uma babá para o seu pet, busque sempre conversar com o profissional e com clientes anteriores. Esse tipo de atendimento em casa permite que o seu animal de estimação permaneça no ambiente dele. Donos de #Cães e #Gatos com mais idade preferem contratar esse tipo de serviço, pois é uma forma de evitar o stress para o bichinho. Outro ponto positivo é que muitos profissionais que trabalham nesse meio permitem que os donos acompanhem o dia a dia do pet enquanto estiverem fora de casa, através das redes sociais.

Busque referências

Independente de qual opção você escolher, busque sempre referências anteriores. Procure pessoas que já utilizaram os serviços e pergunte a respeito das experiências. Só assim você vai conseguir viajar tranquilo e garantir que seu pet fique em segurança e em boas mãos.