O desmatamento é um problema global que põe em risco a vasta biodiversidade da #Natureza, o meio ambiente e até mesmo o equilíbrio ecológico da Terra. Também é conhecido como desflorestamento, é a ação de retirada total ou parcial da vegetação de um determinado local. A área afetada pelo desmatamento é um local vizinho ao Parque dos Búfalos. A razão do desastre ambiental foi, seguno o jornal A Folha, a invasão de um conjunto de cem pessoas que cortaram cerca de mil árvores na semana passada e de acordo com dados da Polícia Militar, também foi por conta do incêndio provocado no dia 27 de abril por 50 manifestantes que queimaram galhos na região.

Publicidade
Publicidade

O que leva o ser humano a destruir aquilo que lhes dá condições para sua própria existência? Uma coisa é usar o material das árvores para comercialização ou algum benefício para a cidade e outra é devastar a natureza por protesto, vingança ou disputa. É certo que esse problema ocasionado se estende para outras situações críticas para a humanidade como a poluição do ar e inúmeras complicações no próprio meio ambiente. Essa área vizinha ao Parque dos Búfalos tem sido palco de conflitos entre moradores, ativistas e governantes. Se não existir acordo entre eles, o local continuará sofrendo com o desflorestamento e nada permanecerá. O mundo precisa compreender sobre a importância da natureza ser preservada e não removida por conta de disputas pessoais.

Publicidade

Imagine se esse parque possuir sua vegetação dizimada? Se as florestas serem consumidas por completo, como resultado o próprio ser humano sofrerá com imensas complicações. O desmatamento deve ser realizado com ordem e disciplina buscando meios para não cessar os seus recursos. Uma maneira correta de manter a essência do parque é controlar o processo realizado em sua vegetação. A água está acabando, a energia elétrica sendo economizada e o que a população tem feito para cuidar do meio ambiente? Diversas espécies de animais estão perdendo seus habitats e se o povo não valorizar o que possuem serão os próximos a serem extintos. #Governo