Nessa terça-feira (16) o jornal L'Espresso vazou a Encíclica do Papa Francisco sobre o meio ambiente que seria divulgado apenas dois dias depois, 18 de junho (quinta-feira).

O Vaticano disse que o que o jornal fez foi errado, que se trata apenas de um rascunho e que o documento não é a versão final. E, ainda em resposta, ao acontecido suspendeu a credencial do jornalista Sandro Magister, repórter responsável pelo furo da reportagem.

A Encíclica sobre o Meio Ambiente é intitulada de Laudato si' (Louvado sejas), que faz menção ao Cântico das Criaturas de São Francisco de Assis, patrono da Ecologia. Em um de seus versos, o cântico canta a mãe Terra: "Louvado sejas meu Senhor, por nossa mãe Terra, da qual nos sustenta e governa e produzem diversos frutos com coloridas flores e ervas".

Publicidade
Publicidade

São esses versos que abrem a 2º Encíclica do Papa Francisco, a primeira tem como título "Lumen Fidei" e foi feita em parceria com Bento XVI em 2013.

A Laudato si' lembrou a preocupação de Papa Paulo VI com a ecologia e de como o Beato João Paulo II se debruçou sobre esse assunto ao longo de seu papado. Papa Francisco lembrou também seu predecessor, que ressaltou a mudança nos sistemas econômicas que existem hoje em dia que não garantem o devido respeito ao ambiente.

Em seu apelo Papa Francisco, pede para toda a família e toda a humanidade que cuidem da nossa casa, a Terra. O documento cita o Aquecimento Global e as mudanças climáticas, fala sobre a questão da água, extinção da biodiversidade, deterioramento da vida humana, dentre outros.

Um vídeo do Youtube com o título de "Papa Francisco e a Encíclica" está fazendo sucesso.

Publicidade

O vídeo mostra o papa como um herói do clima e os vilões que querem destruir esse salvador do meio ambiente. O material pode ser encontrado no canal Observatório do Clima desde o dia 11 de junho, que promete a parte dois para os próximos dias.

A Encíclica pode ser encontrada nas línguas italiana, francesa, inglesa, alemã, espanhola e portuguesa, em versões impressas e digitais.  #Natureza #Mídia #Religião