Na última terça-feira (17),  alguns representantes da mineradora Samarco disseram que existe risco de rompimento nas barragens de Santarém e Germano . De acordo com o gerente-geral de projetos estruturais da mineradora, para aumentar a segurança e reduzir os riscos eles estão fazendo as ações necessárias.

O departamento nacional de proteção mineral, responsável pela fiscalização de segurança, já havia declarado que as duas barragens ofereciam risco. A barragem de Santarém, está segurando milhões de metros cúbicos de lama que foram liberados através da barragem do fundão . 

De acordo com informações do G1, a crista da barragem se encontra mais baixa do que o local onde a água se escoa chamado de vertedouro, o que oferece risco da barragem transbordar  - e esse vertedouro já está quebrando. 

Um problema que chama muito a atenção, é a barragem de Germano que já está desativada, mas ainda guarda muitos resíduos de minério.

Publicidade
Publicidade

A barragem já se encontra em sua capacidade máxima. Existe uma trinca no dique lateral da barragem, que foi identificado pelos bombeiros. 

A Samarco em nota falou que já está fazendo obras para reforçar a estrutura do dique. O desastre ambiental já está sendo considerado um dos maiores do Brasil e do mundo. As vítimas estão precisando de todos os tipos de doação inclusive água para consumo . O Rio Doce principal fonte de água da cidade de governador Valadares segue impregnado pela lama . Mesmo sendo feito o trabalho de tratamento da água, as famílias contam com as doações. A mineradora tem o prazo de uma semana para apresentar um cronograma de indenização para as vítimas da região de Mariana. Em reunião, os moradores de Bento Rodrigues decidiram que não pretendem mais morar no mesmo local , cabe agora a mineradora indicar um novo local para que as famílias possam recomeçar . 

O impacto ambiental causado pelo rompimento das barragens é algo inexplicável e com esse risco de novos rompimentos os problemas podem ser ainda maiores.

Publicidade

É triste ver um rio como o Rio doce passar por essa triste situação, tudo graças às ações erradas do homem. A lama pode chegar ao oceano Atlântico nesta sexta-feira (20) onde o estrago pode ser ainda maior.  #Natureza #Sustentabilidade