'Crop Circle' são imagens feitas nas plantações, ou agrolifos. Apesar do nome, nem sempre são circulares, e apresentam formações geométricas variáveis. São formadas pelo achatamento de plantações de cereais, cana ou capim, normalmente, da noite para o dia. 

Onde são reportadas

Estas formações começaram a ser observadas em 1970, na Austrália, e hoje estão espalhadas pelo mundo. Atualmente, o Reino Unido concentra a maior parte do casos. Existe uma "Crop Circle" próxima ao Castelo de Barbury, na Inglaterra. Os símbolos são encontrados também em outros países da Europa, por exemplo, na Alemanha.

O Brasil não é exceção. Neste ano, já foram reportados "Crop Circle" em Prudentópolis, no estado do Paraná, no dia 16 de outubro.

Publicidade
Publicidade

Outro caso, reportado no dia 31 do mesmo mês, foi em Ipuaçu, Santa Catarina. Fotografias aéreas foram tiradas e publicadas em diversos sites, que estudam essas formações há mais de 20 anos.

Qual a explicação para estas formações

Existem muitas teorias sobre as formações destes círculos nas plantações. Falam-se em ventos, energias da terra, extraterrestres e fraudadores humanos. O assunto é bastante interessante e está aberto a pesquisadores de todo o planeta, em busca de uma resposta para o fenômeno.

A comunidade científica vai ao local das formações, analisa a formação e a geometria dos desenhos, tira fotos, mede o tamanho e tenta dar uma explicação. As figuras geométricas apresentadas não são arbitrárias, ou sem sentido, e seguem padrões de geometria euclidiano, com complexas formas e motivos.

Publicidade

As formações não alteram ou danificam a plantação.

A quantidade de formações encontradas são tantas, que diversos livros já foram lançados, nos quais, os casos são relatados, com fotografias, datas de aparições, locais e medições em campo.

Formações em 2015

Os círculos nas plantações continuam a ser reportados em 2015. Não existe um número exato da quantidade de desenhos que já foram informados este ano, mas, segundo os estudiosos, eles continuam a aparecer em todas as partes do planeta.

#Natureza #Curiosidades #Agricultura