Os ativistas dos direitos dos #Animais a cada dia se tornam mais veementes em defender a causa animal no que diz respeito à qualidade e sobrevida dos bichos, lutam com destemor pela proibição de testes de laboratórios em animais, se jogam na frente de navios baleeiros em suas pequenas embarcações; fazem manifestações em grupo contra as touradas sangrentas, sempre afirmando que não há cultura, tradição ou até mesmo religiosidade que possa validar tais práticas horrendas. 

Os animais por sua vez só “agradecem” e acabam enternecendo a todos com pequenos gestos e comportamentos que inclinam os humanos a perceber tudo isso, como sinais de agradecimento por terem as suas vidas poupadas ou melhoradas de condições cruéis, violentas ou insalubres .

Publicidade
Publicidade

Um ativista pelos direitos animais de nome Christian, da organização Gut Aiderbichl teve a grande oportunidade de resgatar um jovem touro de um abatedouro. O animal tem um nome que em nada faz jus a sua personalidade alegre e cativante, a saber Bandit (ou Bandido em português). Na realidade, Bandido era só mais um dos milhões de animais confinados em baias, currais e matadouros pelo mundo até o presente momento, e que estão aguardando por sua pena capital, que é o sacrifício.

A Gut Aiderbichl acabou constituindo-se em um grande abrigo de animais que tem por objetivo promover o resgate dos mesmos, livra-los dos abusos e maus tratos dos seres humanos e por fim, da negligência e da morte. Enfim, o santuário, se é que pode ser chamado assim, visa criar uma atmosfera de forte compreensão entre os homens e os animais em um ambiente cuidado e protegido.

Publicidade

A Gut Aiderbichl já salvou mais de 500 animais entre vacas, touros e bezerros.

No caso de Bandido, logo após ter sido libertado do pequeno abatedouro em que estava, o animal automaticamente começou a dar saltos de alegria como se estivesse fazendo uma verdadeira “dança da liberdade” depois de ter vivido a vida toda preso. E ainda mais, Bandido também demonstrou um profundo sentimento de gratidão por Christian, e não só aceitou os carinhos dele como também os retribuiu. Quando todos pensam que o boi já tinha pulado tudo de felicidade e iria ficar quieto, ele começou novamente e agora com saltos ainda mais altos e fortes

O grande animal simplesmente corre de um lado para o outro como uma criança ao redor de sua nova casa, escavando o solo e a forragem fresca com seus cascos. Isso sim que pode ser chamado de alegria e amor pela vida como demonstrado no emocionante vídeo acima. #Natureza #Crime