Os principais usos da água no Brasil são para abastecimento humano e animal, irrigação, indústria, geração de energia, turismo e lazer, pesca e transporte hidroviário. O Plano Nacional de Recursos Hídricos – PNRH, aprovado em 2006 pelo Conselho Nacional de Recursos Hídricos – CNRH, visa orientar a implementação da Política Nacional e do gerenciamento das águas. O objetivo geral do Plano é estabelecer um pacto nacional para a definição de diretrizes e políticas públicas voltadas para a melhoria da oferta de água, em quantidade e qualidade, gerenciando as demandas e considerando ser a água um elemento estruturante para a implementação das políticas setoriais, sob a ótica do desenvolvimento sustentável e da inclusão social (MMA,2016).

Publicidade
Publicidade

A cada 4 anos o PNRH passa por uma revisão, o objetivo é definir quais serão as diretrizes e prioridades para da gestão das águas pelos próximos anos (2016 a 2020). Neste ano acontece a segunda revisão do plano, e a sociedade pode contribuir com a sua formação através da consulta pública que está aberta desde o dia 1º de fevereiro e vai até 1º de maio de 2016.

A participação da sociedade é importante, pois é através da consulta pública que todos podem apresentar sugestões sobre as prioridades do PNRH ou propor novos temas que mereçam atenção para os próximos anos para a conservação e gestão deste recurso natural. Esta consulta pública, segundo o Ministério do Meio Ambiente (MMA), resultará em um conjunto de prioridades e nas diretrizes para o próximo ciclo de implementação das ações na gestão das águas em nível nacional, estadual e das bacias hidrográficas.

Publicidade

A participação pública no processo de revisão para definição das Prioridades do PNRH para 2016-2020 será realizada por meio da aplicação de dois questionários: um voltado para a sociedade em geral e outro destinado aos atores do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH). Os resultados desta segunda revisão serão consolidados em um documento final, a ser encaminhado para deliberação do Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH).

O questionário encontra-se disponível até o dia 1º de maio de 2016 no site do MMA.  #Natureza #Governo #Sustentabilidade