#Animais das mais diferentes espécies, com todas as suas versatilidades e manifestações de carinho e amizade, levam muitas pessoas a refletir sobre o real significado da vida e também do amor. Diariamente a população fica sabendo de casos raros de amizade entre animais diferentes. São relatos, por exemplo, de relações entre cães e elefantes, gatos e raposas e até de girafas e lontras. Entretanto, talvez nada possa se comparado a relação harmônica entre um urso negro americano, uma leoa africana e um tigre de Bengala.

Mas é exatamente isso o que acontece lá nos Estados Unidos, onde Baloo, o urso; Leo, a leoa e o tigre Shere Khan passaram os últimos 15 anos convivendo em paz no refúgio para animais conhecido como Noah’s Ark (Arca de Noé) no Estado norte-americano da Geórgia.

Publicidade
Publicidade

Conhecidos como BLT, o trio foi resgatado em 2001 durante uma batida policial em uma casa de Atlanta, onde os animais estavam trancafiados. As condições dos três prisioneiros do cativeiro e sofrimento eram no mínimo terríveis. Baloo o urso, inclusive, teve que passar por uma cirurgia com o objetivo de remover um cinto bastante apertado que tinha sido colocado nele e que não foi ajustado para acompanhar o seu crescimento. Inclusive, vale frisar, essa foi a única vez que o trio teve que se separar.

A partir desse acontecimento, as três espécies passam todos os dias juntas e felizes, já pelo período de 15 anos. Eles continuarão vivendo no abrigo Arca de Noé, lá mesmo na Geórgia, até mesmo porque quando encontrados pelos policiais, os animais estavam muito feridos para os reabilitar rapidamente e os devolver à vida selvagem.

Publicidade

Sem o santuário Arca de Noé para a proteção e cuidado com os animais, o urso, o leão e o tigre, oriundos de continentes completamente distantes e diferentes, jamais teriam se encontrado na vida cotidiana de cada um na #Natureza.

O mais lindo e grandioso desse milagre da vida e do relacionamento entre as espécies, é que apesar da diferença entre as mesmas, os animais em questão vivem diariamente como se fossem irmãos que se amam muito, tornando-se completamente inseparáveis. Enfim, eles, infelizmente, começaram as suas vidas de um modo terrível, mas, ainda bem, atualmente podem usufruir de uma “aposentadoria” feliz, e o que é importante, unidos como se estivessem em um paraíso terrestre. Que lição para os humanos ditos racionais! #Comportamento