Kabelo, um rinoceronte órfão que passou por maus bocados na selva africana, é a mais nova sensação da internet. Isso porque sua tratadora, Laura Ellison, conseguiu capturar em vídeo o momento em que o "pequeno" rinoceronte a usa como travesseiro, em um momento de troca de carinhos e afetos. O vídeo se tornou um viral assistido por milhares de pessoas em todo o mundo. Veja:

Kabelo, que significa "presente" em um dialeto sul-africano, tem apenas três meses de vida e é um rinoceronte branco. Sua mãe morreu durante seu parto após complicações oriundas de um tiro que tomou de contrabandistas dois anos antes de seu nascimento.

Publicidade
Publicidade

Kabelo, entretanto, teve a sorte de ser adotado pela ONG The Rhino Orphanage ("O orfanato de rinocerontes", em tradução livre), onde está sendo cuidado. Seus cuidadores o consideram muito gentil, brincalhão e corajoso.

Junto com o vídeo, Laura Ellison fez um belo depoimento sobre sua relação com o animal. "Sério, eu sou apenas seu travesseiro. Ao mesmo tempo em que eu quero que vocês sintam a gentileza dos rinocerontes, se apaixonem por eles como eu me apaixonei, e se sintam desesperados para salvá-los como eu sinto, eu preciso destacar o relacionamento que nós temos com esses rinocerontes que permite esse tipo de experiência. Eu cuido de Kabelo desde sua chegada ao orfanato e nós criamos um forte laço. Apesar dele se sentir à vontade comigo, ele não se sente assim com outras pessoas. Notem que ele ainda é um animal selvagem, mas com uma grande capacidade de amar e de perdoar. Os humanos mataram sua mãe, então, ele me amar do jeito que ama é incrivelmente agridoce.

Publicidade

Os rinocerontes merecem uma vida com suas mães sem a interferência humana. Por favor me ajude a protegê-los", disse.

A ONG

A The Rhino Orphanage é uma organização não-governamental sem fins lucrativos da África do Sul. Eles cuidam de bebês rinocerontes órfãos ou feridos para depois devolvê-los à natureza. Lá, os #Animais são cuidados por veterinários, recebem alimentação adequada e fazem fisioterapia até estarem prontos para sobreviverem sozinhos na selva. A ONG aceita doações via PayPal.  #Natureza