O ex-goleiro Pascal Olmeta, que defendeu clubes como  Marselha e Lyon, nos últimos dias tornou-se notícia por fazer parte de um grupo de caçadores no Zimbábue. Entre as postagens de suas aventuras pelo país africano destacam-se aquelas onde o ex-jogador aparece feliz ao lado de um elefante baleado na cabeça. Um vídeo com as imagens da caçada foi postado no site de uma ONG criada pelos filhos do ex-jogador. Olmeta aparece no vídeo explicando que o Zimbábue está com problemas relacionados à superpopulação de elefantes. Por conta disso as autoridades resolveram liberar a caça aos elefantes.

O vídeo, com trilha sonora, mostra o  jogador acompanhado de um guia.

Publicidade
Publicidade

Ambos aparecem armados de fuzis e miram em um elefante. Eles atiram. No decorrer das imagens o animal é visto caído no chão, onde agoniza de dor. Na sequência outro disparo é efetuado contra a cabeça do elefante. A morte do animal vem acompanhada de risos. Eufóricos, os caçadores se exibem ao lado da carcaça e tiram fotos junto ao animal abatido. O vídeo teria sido gravado em 2011, durante uma viagem para África. As imagens foram publicadas em um site denominado "A Smile, A Hope For Life" ( "Um Sorriso, Uma Esperança Para a Vida", em português).

Entre os inúmero projetos administrados pela ONG está a construção de um centro de apoio para crianças deficientes na ilha de Córsega. De acordo com Masha Kalinina, especialista em Políticas de Comércio Internacional e responsável pela ONG Humane Society International, o continente africano enfrenta uma crise de abate ilegal.

Publicidade

Mais de 100 elefantes são mortos todos os dias, o que torna o ato de tirar a vida de um animal indefeso uma coisa revoltante, ainda mais quando se trata de uma espécie em extinção. Segundo Kalinina, o Zimbábue é considerado um dos países mais corruptos da África e não seria nenhuma surpresa se, por acaso, Olmeta investisse parte do seu dinheiro no financiamento de uma grande caçada.

O ex-jogador rebateu as críticas, dizendo que resolveu abater o animal por conta da superpopulação de elefantes que o Zimbábue enfrentava quatro anos atrás. Além disso, estes animais são responsáveis por causarem grandes prejuízos às aldeias locais.  #caça aos elefantes #Entretenimento #Curiosidades