O famoso filósofo alemão do século XIX, Arthur Schopenhauer, disse, em certa ocasião de sua vida, que “a compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de caráter, e quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem”, em outras palavras, toda a pessoa que independente de nacionalidade ou origem social, maltrata qualquer outro ser vivo, carece no mínimo de ternura nos sentimentos e, por que não dizer, de respeito pela vida de terceiros e dela própria. Desde que o mundo é mundo, infelizmente os animais em geral se tornam vítimas de maus tratos cruéis, o que só tem se agravado com o aumento da população humana.

O péssimo exemplo vem agora da região de Yukon, localizada no noroeste canadense, onde um cão de nome Diesel, permaneceu por inacreditáveis 4 anos preso por uma corrente em um local cuja temperatura facilmente chega até – 60º Celsius no auge do inverno no Canadá.

Publicidade
Publicidade

Apesar do fato ter acontecido há alguns anos atrás, foi nos últimos dias que a história acabou ganhando as redes sociais como o Facebook e a internet. Também há o fato do assunto não pode ser esquecido, uma vez que só se enfrentando o problema de frente e punindo que tem atitudes criminosas como essa que o problema poderá ser diluído.

Tudo se assemelhava a um verdadeiro show de horror, pois Diesel além do frio agressivo, nunca recebeu um ato bondoso de um banho gostoso ou de uma limpeza completa no seu corpo peludo, daí o cheiro do pobre animal ser muito forte e desagradável devido a inexistência de práticas de higiene em relação a ele. Para piorar a situação, uma vez que Diesel permanecia acorrentado na neve nessa parte agreste do país, era comum que outros animais acabassem atacando o cão.

Publicidade

Certa vez ele foi agredido por um #Cachorro que provocou uma lesão séria no seu ombro e em outro momento recebeu um coice de um cavalo, resultando na perda de todos os dentes de Diesel. Felizmente uma alma bondosa na pessoa de um vizinho do cachorro teve a excelente iniciativa de denunciar explicitamente as agruras do desafortunado ser à Animal Advocates Society (Sociedade Protetora dos Animais), que é uma espécie de cooperativa visando socorrer os animais frente aos mais diferentes tipos de risco e abandono.

A situação de Diesel era tão deplorável que o vizinho já citado, testemunhou que “ele (o cachorro) está terrivelmente embaraçado. Ele fede a algo horrível e seus olhos e nariz não parecem tão saudáveis. Sempre tem muco vazando de ambos. Ele está preso perto de uma casa de cachorro. Mas nunca o vi usar a casa… talvez ele não caiba mais… ele parecia um cão muito doce até ser condenado a uma vida em uma cadeia”.

De modo organizado e legal juridicamente, a Animal Advocates Society pode resgatar Diesel, extinguindo o sofrimento do cão de uma vez por todas, o qual foi transportado ao veterinário para que um tumor fosse extirpado de sua mandíbula; recebeu ainda remédios adequados para debelar uma infecção e também foi castrado.

Publicidade

Depois de toda essa saga, Diesel teve êxito de ganhar um novo lar adotivo, acostumando-se rapidamente em conviver lado a lado com outros lindos cães e pessoas de bem, que puderam lhe proporcionar uma vida digna, repleta de amor e confiança entre homens e animais. #Canadá #Crime