A cada dia que passa a humanidade é inundada por uma série de notícias ruins, provocando depressão e angústia em um elevado número de pessoas ao redor do globo. Por outro lado há histórias que mostram que nem tudo está perdido, como a de um cachorro que agiu como um anjo da guarda para a sua companheira que estava muito doente, à beira mesmo da morte. A notícia foi veiculada nos últimos dias nas redes sociais e web em geral. Fica mais do que comprovado que os cães não são fieis somente com os homens, mas também com os seus próprios companheiros da raça canina. A história é capaz de comover a todos, trazendo uma esperança à humanidade contra os terríveis fatos que permeiam o mundo contemporâneo.

Publicidade
Publicidade

Os acontecimentos envolvendo os dois cães foram registrados por Denís Malaféev na sua aldeia natal de Uzhhgorod, localizada na gélida Ucrânia. O internauta descreveu o que aconteceu e postou o vídeo no seu perfil do Facebook, sensibilizando os corações de milhões de usuários, principalmente em uma data tão próxima do período natalino, onde as pessoas comumente já se emocionam com mais facilidade.

Malaféev percebeu que um casal de cães já se encontrava por dois dias deitados no meio de uma ferrovia que passa pela periferia do vilarejo onde ele mora. A curiosidade do homem fez com que ele fosse até o lugar afastado e, ao chegar lá, avistou uma cachorra que havia sido ferida por um trem e estava semi-morta no meio dos trilhos.

Entretanto, o que mais surpreendeu Denís foi ver que ao lado do animal moribundo havia um outro cão que se posicionou para cuidar de sua amiga canina.

Publicidade

Esse companheiro leal ficava o tempo todo ao lado cadela machucada, protegendo-a e aquecendo-a do rigoroso inverno na Ucrânia. O morador da vila pode capturar o momento exato em que o cão se posicionou sobre a sua companheira a fim de funcionar como um escudo, enquanto um trem passava sobre os dois #Animais.

Malaféev escreveu literalmente o seguinte no seu Facebook: “ouvi um trem chegando e fiquei apreensivo, mas ao ouvir o sinal do condutor o cão se aproximou da amiga ferida e se deitou ao lado dela. Ambos abaixaram as cabeças, pressionando-as contra o chão, sendo que o trem passava por cima deles. Pessoal... o cão está fazendo isso por dois dias seguidos, só pensei nisso!”.

Os dois animais saíram ilesos na ocasião; todavia, as condições de #Saúde e sanitárias deles não eram nada boas. Denís Malaféev então se apressou em regatar os pobres animais e os levou para um abrigo de cães na região. O mais interessante é que durante toda a viagem rumo ao novo, o fiel companheiro seguiu protegendo a sua companheira ferida.

Vida longa e feliz aos dois #Cachorros! Vida longa e feliz ao exemplo de ser humano, Denis Malaféev!