Altas emissões de carbono, plástico flutuando nos mares e contaminação do solo, são apenas alguns dos problemas ambientais que tornam o modo atual de produção de bens de consumo insustentável. Porém, produzir sem comprometer o #Meio ambiente não é tão difícil assim: algumas tecnologias são capazes de trazer soluções para grandes problemas ambientais.

Veja 5 tecnologias verdes muito simples, mas que poderiam salvar o planeta do caos ambiental.

Reciclagem de componentes de eletrônicos

Componentes eletrônicos presentes em computadores e celulares contém substâncias nocivas como chumbo, berílio, mercúrio, prata, cádmio e bromo, capazes de contaminar o solo e lençóis freáticos.

Publicidade
Publicidade

A simples implementação de pontos de coleta, em supermercados e farmácias, e o direcionamento destas peças para uma triagem permitiriam o reaproveitamento dos metais pesados, garantindo uma redução considerável na extração de minérios, além de evitar contaminações.

Apesar de muito simples, a reciclagem de componentes eletrônicos é uma prática pouco disseminada na maioria dos países, assim como os pontos de coleta destes materiais.

Biochar

Também conhecido como biocarvão, o biochar nada mais é que biomassa transformada em carvão através da pirólise, um processo químicos que submete compostos orgânicos à altas temperaturas, em ambientes sem nenhum oxigênio.

Apesar de ser um material simples, o biochar tem capacidade de recuperar solos degradados, tornado-os até 3 vezes mais férteis. Além disto, consegue aumentar a retenção de água no solo em até cinco 18%, e a de nutrientes em até 50%.

Publicidade

Além de corrigir o solo, os gases liberados durante a produção do biochar podem ser usados para gerar eletricidade e seus resíduos são úteis na fabricação de plásticos.

Energia fotovoltaica

A energia fotovoltaica é obtida através da conversão direta dos raios solares em energia elétrica, através de painéis solares feitos de silício. Painéis deste tipo instalados em telhados conseguem gerar tranquilamente a energia elétrica necessária para alimentar a residência, sem liberar gases nocivos ou ocupar grandes áreas ambientais.

Tijolos recicláveis

Estes tijolos são feitos de plástico, podendo ser triturados e remoldados diversas vezes. Com estrutura similar à peças de lego, se encaixam perfeitamente, dispensando o uso de cimento e vigas de metal. Além disso, possuem isolamento acústico e térmico, e permitem a construção de uma casa com vários cômodos em apenas 5 dias. Para sua fabricação, pode-se utilizar plásticos que foram descartados inadequadamente no meio ambiente.

Agricultura vertical

Com o aumento exponencial de habitantes no planeta, produzir comida sem ocupar milhares de hectares de terra é um dos maiores desafios atuais.

Publicidade

Como solução, a agricultura vertical vem se mostrando uma solução simples e eficaz. O processo através da construção de 'fazendas verticais', estufas altas como um prédio que permitem a plantação em canteiros empilhados, podendo ser hidropônicos (utilizando água em vez de terra).

As 'fazendas verticais' podem ser construídas em áreas urbanas, diminuindo a emissões de carbono provenientes do transporte da colheita do campo para a cidade, além de dispensar o uso de pesticidas nocivos à saúde. #Ciência #Curiosidades