Com a chegada do tão esperado verão no hemisfério Norte, detalhes do dia a dia na #Natureza do continente parecem que ficam mais perceptíveis aos olhos de todos, como por exemplo, montanhas contrastando diante de um céu azul anil, rajadas de vento quente que visitam as pequenas vilas a cada entardecer, bosques ou árvores isoladas se destacando por fornecer abrigo às diferentes espécies, inclusive ao próprio ser humano.

E por falar em árvores majestosas, de acordo com botânicos gregos, está localizada na pequena cidade de Deskati, na Grécia, a árvore ou mais especificamente um carvalho, que segundo os pesquisadores é o exemplar mais velho de todo o continente europeu.

Publicidade
Publicidade

O tronco do carvalho possui um diâmetro de 2,25 metros e a sua copa chega a atingir uma altura de 23 metros. Somente dois quilômetros separam a árvore majestosa da praça principal da Deskati.

Os botânicos que estiveram naquela parte da #Grécia, estimaram, através de alguns exames, que a árvore deve ter a idade de 1.300 anos, de modo que assim, os moradores da cidade, que fica mais para a região Noroeste do território grego, agora podem se vangloriar de que unicamente eles podem se sentar sob a sombra abundante produzida nos dias de verão pelo carvalho mais antigo de toda a Europa.

O tronco da árvore tem um diâmetro de 2,25 metros e o perímetro do mesmo na altura do parapeito é de cerca de 7,06 metros. O carvalho está fixado em uma região extremamente montanhosa da Grécia, a uma altitude de 658 metros acima do nível do mar, aliás essa é uma das características principais e fascinantes da topografia do pequeno país dos Bálcãs.

Publicidade

A presença do carvalho na região sempre causou curiosidade e muitas perguntas; tanto é assim, que o prefeito local Dimitris Karastergios revelou à Agência de Notícias de Atenas que as autoridades locais resolveram acionar os cientistas, especialistas em florestas e botânicos, no intuito de se saber a idade exata da espécie.

Por sua vez, o botânico Ioannis Spanos, pesquisador da “Direção Geral de Pesquisa Agrícola "Elgo-Dimitra", em conjunto com sua equipe, retirou amostras da árvore, tomou medidas especiais nos anéis do tronco e, após estudo minucioso, concluiu que a idade do carvalho gira em torno de 1.300 anos.

Todos os procedimentos necessários foram imediatamente iniciados por Vassilis Michelakis, secretário-geral adjunto da administração descentralizada do Oeste do Épiro, a fim de que o carvalho seja declarado como um "monumento da natureza” a ser preservado.

Michelakis afirmou que a árvore em questão passa a ter um valor científico, ecológico, histórico e cultural ainda maior. Além de ser um componente da flora grega bastante importante para fins educacionais e, simultaneamente, o velho carvalho, também pela idade, carece de cuidados especiais e muita proteção.

A Grécia realmente é o quintal dos deuses do Olimpo na terra!

Passeio aéreo sobre a cidade de Deskati e regiões circunvizinhas

#Europa