A modelo brasileira, Gisele Bundchen, entrou em seu Twitter e postou uma mensagem direcionada ao presidente do Brasil, Michel Temer. O pedido dela, feito na segunda-feira (12), era para que o presidente vetasse as Medidas Provisórias (MPs) 756/2016 e 758/2016, que tem o intuito de liberar 1,5 milhão de hectares da Amazônia para um futuro desmatamento.

Gisele disse que se for sancionada pelo presidente essas MPs, 600km de hectares de área protegida na Amazônia brasileira seriam ameaçados, causando um dano terrível para o ecossistema.

A modelo aproveitou para compartilhar o link da WWF-Brasil, que seria uma ONG de preservação e conservação da natureza, que realiza campanhas de conscientização da população diante da agressividade de medidas que querem acabar com o verde brasileiro.

Publicidade
Publicidade

A ONG é a responsável por colher assinaturas para pressionar o governo a vetar as propostas.

De acordo com as medidas, haveria uma alteração na demarcação do território, onde alteraria os limites da Floresta Nacional de Jamanxim e do Parque Nacional de mesmo nome, localizado no oeste do Pará.

Em maio, o ator famoso dos Estados Unidos, Leonardo DiCaprio, também havia feito um pedido para o presidente Temer para que as medidas fossem vetadas. DiCaprio é conhecido também como um dos defensores da preservação do meio ambiente.

Ministério do Meio Ambiente

O Ministério do Meio Ambiente recomendou ao presidente o veto das medidas provisórias que foram aprovadas pelo Plenário da Câmara dos Deputados. Ambientalistas e o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), estiveram participando de uma reunião, na segunda-feira (12), para que Temer pudesse ouvi-los e não sancionar as mudanças.

Publicidade

Um documento chegou a ser entregue para Temer durante o Seminário Rio Clima 2017, ocorrido nessa terça (13).

Efeito Estufa

O ministro Sarney Filho afirmou, no seminário, que o Brasil é um dos maiores emissores de gás do efeito estufa devido ao grande desmatamento que ocorre no país. O ministro ressaltou que acredita e confia que o presidente #Michel Temer irá vetar as medidas aprovadas pelo plenário da Câmara dos Deputados.

Para o ministro, esse assunto é um dos mais importantes do momento e requer muita atenção e dedicação de todos. Sarney Filho reiterou, porém, que não quer, em nenhum momento, que o presidente se sinta pressionado a tomar tal decisão. Por essa razão, ele evitou de se aprofundar no assunto. #amazonia #Gisele Bündchen