Publicidade
Publicidade

Os visitantes que forem viajar para a Europa e especialmente para a Grécia no ápice do verão europeu devem se prevenir para proteger a saúde, pois a terrível onda de calor que assola todo o Sul da Europa e o país helênico parece não querer ir embora tão cedo e de fato provocam o que pode ser chamado de #notícias quentes.

Quem mais sofre com tanto calor assim são os moradores da capital grega, Atenas. Por outro lado essas pessoas podem se utilizar de inúmeras estratégias para se proteger ou tentar aliviar do calor abrasador que faz na #Grécia neste ano de 2017.

Porém não têm a mesma sorte os animais das ruas, como inúmeros gatos e cachorros que comumente vivem em locais públicos como praças, ruas e periferias.

Publicidade

Outros que também sofrem em silêncio são os militares, especialmente representados pela figura folclórica do soldado chamado de “Tsoliá” ou “Evzone”, os famosos rapazes “imortais” da Grécia, os quais ficam de serviço, guardando a praça Syntagma no coração de Atenas e adjacências.

Esses guardas gregos são famosos em todo o mundo por usarem uma fustanella (saia com pregas) como parte da roupa ou uniforme militar, que também eram vestimentas dos gregos comuns das montanhas na época da dominação turco-otomana no país.

Aliás, a #Turquia dominou a Grécia por 400 anos, daí a saia dos soldados serem composta de 400 pregas, significando cada prega, um ano de ocupação turca no solo da pátria grega.

Cada Tsoliá fica de pé em frente ao monumento do soldado desconhecido na Praça Syntagma e se assemelha muitas vezes, conforme a descrição dos milhões de visitantes que vão à Grécia anualmente, a um soldadinho de brinquedo.

Publicidade

O Tsoliá tem como obrigação permanecer absolutamente imóvel em todos os momentos, o que torna ainda mais insuportável o serviço militar nos meses mais quentes da Grécia que vão de junho a setembro.

Nesta época do ano é comum presenciar alguns soldados limpando o suor dos “Evzones”, que escorre pelos seus rostos. Embora seja uma ação simples, é antes de tudo um gesto humanitário, e que ajuda os Evzones a desempenhem melhor o dever para com a pátria.

As temperaturas em Atenas neste verão têm ultrapassado em alguns momentos os 41 graus Celsius, [VIDEO] no entanto, o calor não fica restrito somente a capital grega, mas acaba atingindo os 39 graus nas regiões norte e nordeste do país como a Macedônia e a , Trácia respectivamente. A Tessália e Peloponeso Oriental também sofrem com o mesmo verão intenso.

Já em Thessaloniki que é a capital da Grécia do Norte e a 2ª cidade grega em tamanho e importância, as temperaturas locais estão variando ao longo dos últimos dias entre 24 a 38 graus Celsius.