Uma tentativa de homicídio ocorreu na manhã desta terça-feira, dia 1º de setembro, em frente a Escola Municipal Padre Henrique de Morais, na cidade de Perdigão-MG. Uma professora, que não teve seu nome revelado, estava chegando na escola para iniciar o trabalho, quando, no momento em que retirava seu material no porta malas do carro, dois indivíduos em uma motocicleta se aproximaram e um deles disparou um tiro contra a mesma.

Depois do atentado, os dois fugiram em direção a Nova Serrana e Divinópolis e, até o momento, não foram localizados. A professora foi atingida no abdômen, sendo socorrida em seguida e levada ao hospital local e depois para outro hospital mais avançado na cidade de Divinópolis, também em Minas Gerais.

Publicidade
Publicidade

A professora passa bem e não corre risco de morte.

A policia Militar informou que a professora também trabalha em outra escola na cidade de Nova Serrana (MG) e lá teria sido ameaçada por um estudante e seus pais. Ainda segundo a PM, "a professora estacionou o carro e saiu para pegar materiais didáticos na porta de trás. Nesse  momento chegaram dois homens em uma moto, efetuaram o disparo e fugiram. Não há suspeita de assalto", afirma o cabo da policia militar Alexandre Morato.

A PM afirmou também que a professora, alguns dias atrás, compareceu a delegacia e registrou um boletim de ocorrência de ameaça. "Ela disse no registro que houve uma confusão entre ela e um aluno e que foi ameaçada. Essa será uma das linhas de investigação", afirma a polícia.

As investigações ficarão a cargo do delegado Diógenes Caldas, polícia civil de Nova Serrana, onde já se encontra o boletim registrado pela professora.

Publicidade

A polícia conta com ajuda das testemunhas para solucionar o caso, pois não existem câmeras no local. O delegado não deu maiores detalhes para não atrapalhar as investigações. 

Segundo o site UOL, que entrou em contato com a escola para maiores esclarecimentos, foi informado que somente a diretora vai falar sobre o ocorrido. No entanto, a mesma não se encontrava na cidade. #Crime #Investigação Criminal #Casos de polícia