Na noite de sábado (7), três bandidos invadiram uma fazenda em Presidente Olegário, Minas Gerais, para fazer um assalto que acabou com uma tragédia, pois, um dos criminosos foi morto por uma mulher de 61 anos.

Uma fazenda localizada a sete quilômetros da cidade, onde vivia um casal de idosos, um senhor de 84 anos e sua esposa de 61 anos, foi cenário de uma ação criminosa com final surpreendente, pois, o casal de velhos que vivia sozinho, teve a casa invadida por três assaltantes e os bandidos obrigaram os idosos a dar a senha do cofre, tendo ficado indignados quando os velhos informaram a senha errada e começaram então a agredir o casal com coronhadas.

Publicidade
Publicidade

O que os invasores não imaginavam é que os idosos tinham uma arma guardada em casa e que foi preciso apenas um momento de distração para que o senhor conseguisse pegar a arma e passar para sua esposa. A mulher de 61 anos não pensou duas vezes e efetuou dois disparos contra um dos criminosos que estava armado e de costas.

Devido ao susto os três assaltantes abandonaram o local levando um cordão de ouro, três celulares e uma quantia em dinheiro ainda não revelada, sendo que, dois deles fugiram, já o que foi baleado, até que tentou abandonar o local, mas caiu a poucos metros da casa, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O assaltante morto pelo casal de idosos se chamava Breno Junio da Silva, tinha 26 anos, e segundo os militares que estiveram no local, ele tinha várias passagens pela polícia por furto e tráfico de drogas.

Publicidade

Breno foi encontrado sem vida e com uma garrucha, uma arma de fogo de cano curto, presa na cintura.

Após o susto a mulher, que reagiu ao assalto e matou o bandido, e o marido pediram socorro em uma fazenda vizinha, eles foram levados para o hospital, onde trataram dos ferimentos causados pelas agressões dos bandidos e tiveram que ser sedados porque estavam muito nervosos por tudo que passaram.

A polícia esteve na fazenda em Presidente Olegário minutos após o #Crime e realizou todos os procedimentos, informou que a arma do casal não foi encontrada, encaminhou o corpo de Breno Junio da Silva para o IML de Patos de Minas e intensificaram as buscas para capturar os outros dois assaltantes. #Justiça #Violência