O Uber continua causando polêmica nas cidades onde chega e desta vez é na capital mineira, Belo Horizonte.

Em BH os carros do Uber são bem-vindos por uns e rejeitados por outros, principalmente pelos taxistas da cidade.

A Câmara Municipal de Belo Horizonte está com um projeto que deverá ser votado ainda esta semana onde é permitido os carros do Uber, porém eles só poderão ser conduzidos por quem já é taxista.

Apesar do projeto ter agradado boa parte da população, desta vez quem não gostou foi o Uber que inclusive já lançou uma campanha incentivando seus usuários a ficarem enviando vários e-mails para os vereadores de BH solicitando que este projeto não seja aprovado.

Publicidade
Publicidade

O Uber pede que os usuários mostrem aos vereadores que as pessoas devem ser respeitadas e terem o seu direito de escolha garantido. A empresa ainda solicita que os vereadores sejam cobrados para não cederem à pressão feita por uma única categoria, deixando de lado os reais interesses da população.

O comunicado foi enviado por e-mail e tem uma ferramenta que facilita a preparação de uma mensagem que é enviada automaticamente para todos os vereadores da capital mineira, onde consta a solicitação.

Na mensagem é feito o pedido de que cada vereador vote contra o PL 1795/2015, que segundo o Uber, é uma lei que representa o retrocesso e que todos querem uma "Belo Horizonte do futuro", com tecnologias inovadoras e mais opções de mobilidade.

A mensagem faz questão de lembrar de algumas cidades que aceitaram criar regulamentações específicas para esta questão, entre elas: Washington DC, Toronto, São Francisco, Chicago, entre várias outras.

Publicidade

 TÁXIS PREMIUM CONTRA UBER

A Prefeitura de Belo Horizonte divulgou um decreto para que o município tenha 750 táxis de luxo. Esta seria uma resposta do prefeito ao avanço do Uber na cidade e o "Táxi Premium" em breve já começará a circular pelas ruas da capital mineira.

Márcio Lacerda, prefeito de BH, disse que a prefeitura está dando #Inovação à população e que não precisa dos táxis da Uber. O prefeito ainda garantiu que os novos modelos de táxis não terão tarifa mais cara que os comuns, mas há quem duvide. #Crise #Comportamento