Criminosos fortemente armados causaram terror numa pequena agência do banco Bradesco na cidade de Camanducaia, no extremo Sul de Minas Gerais. O #Crime aconteceu na última quinta-feira, 21.

Segundo a Polícia Militar, oito bandidos com armamento de grosso calibre, entre fuzis e pistolas, entraram na agência do banco Bradesco e anunciaram o assalto. No momento da ação havia cerca de 40 pessoas entre clientes e funcionários que foram rendidos sem esboçar nenhuma reação.

 Testemunhas relataram que o gerente da agência foi rendido e forçado a abrir o cofre. Em seguida eles pegarem todo o dinheiro e evadiram-se do local sem levar nenhum refém.

Publicidade
Publicidade

Toda a ação foi muito bem planeja e executada, pois agiram discretamente e levaram todas as imagens da segurança do local.

 "Eu achei que era brincadeira, a gente nunca viu este tipo de coisa na cidade, quando eu entrei, tentei ir pra cima de um deles, mas ele falou, passo te apagar agora, e apontou uma arma pra minha cabeça, só pedi desculpa e me abaixei no chão", relatou João que entrou no banco para descontar um cheque.

 O delegado da cidade, Samuel Sanches Domingues, acredita se tratar de quadrilha com integrantes especializados neste tipo assalto, pela forma discreta e tamanha eficiência com que agiram durante o crime. “Eles estavam divididos em três ou quatro grupos bem organizados, uma turma vigiou a parte externa do banco, outra as vítimas e pegaram o dinheiro do cofre. Foram rápidos, entraram e saíram sem levantar qualquer suspeita, não deram nenhum tiro e quem passou pelo local não percebeu nada”, disse o delegado.

Publicidade

 Tão logo saíram da agência bancária, reféns acionaram a Polícia Militar de Minas Gerais, que iniciou um grande rastreamento pelas ruas da região com grande efetivo de militares.

Na ação dos criminosos, acredita-se que eles utilizaram pelo menos três veículos. Na fuga um dos veículos foi deixado nas imediações do município onde o crime ocorreu. Como as imagens internas e externas do local foram levadas, dificultou a identificação dos envolvidos.

 A agência bancária não divulgou o montante levado pelos bandidos, mas quantidade de dinheiro especula-se que a quantia seria de aproximadamente R$ 500 mil reais. #Investigação Criminal