O #Carnaval 2016 foi menos violento nas estradas federais. Pelo menos é que se deduz dos números apresentados nesta sexta-feira (12) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Brasília. Houve queda no número de mortes, no número de acidente, no número de acidentes graves e no de feridos. Em todo Brasil, entre sexta-feira (5) e quarta-feira (10), foram 1.704 acidentes, que deixaram 1.643 pessoas feridas e 106 mortas. Em Minas Gerais, estado cujo território se concentra a maior malha de rodovias federais, foram registrados 202 acidentes com um total de 13 mortes.

De acordo com as estatísticas da PRF, houve uma redução de 58% no número de acidentes agraves, o que corresponde, em termos percentuais, 1,97 acidente grave por milhão de veículos em circulação.

Publicidade
Publicidade

Já em termos de mortos nas estradas, os registros apontam para uma queda de 9%, com 1,18 óbito por milhão de veículos em circulação no país, ainda de acordo com a PRF.

A combinação álcool e direção foi vigiada de perto pelos policiais federais. Foram fiscalizados 1.347 condutores embriagados. Destes, 162 foram presos por apresentarem índices de "alcoolemia superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar", segundo informou a PRF.

Minas

Nas estradas sob jurisdição da Polícia Militar Rodoviária (PMRB), em Minas, também houve queda, com redução de 12,53%, com 391 acidentes no ano passado, contra 342, durante o feriadão do Carnaval de 2016. Houve menos mortos: 21 este ano, contra 35 no ano passado, uma redução percentual de 41,67%. A maior parte dos acidentes, segundo os policiais, ainda se deve por "falta de atenção ao volante, excesso de velocidade, derrapagens, embriaguez e animais na pista."

Velocidade

O excesso de velocidade continua sendo a principal preocupação das operações de fiscalização.

Publicidade

"Somente nos seis dias da Operação Carnaval, 92 mil condutores foram flagrados dirigindo com velocidade superior ao permitido", destaca a PRF, em comunicado divulgado à imprensa. Ainda segundo a Polícia Rodoviária Federal, acidente grave é aquele em que pelo menos uma vítima ficou gravemente ferida ou faleceu.