Na manhã de domingo (06), em Governador Valadares/MG, o homem identificado como Fábio Aguiar de Morais, 36 anos, caminhoneiro, e o policial Julio Cesar da Silva, de 44 anos, começaram uma discussão, motivada a princípio, por causa de "postagens de desafios no Facebook".

Posts no Facebook

Segundo depoimentos e informações de outras reportagens, a vítima, alguns dias antes, havia feito uma postagem desafiando seu algoz. A postagem acusa o policial de ser "espancador de mulheres e adolescentes" e o desafia a mostrar se é "machão" mesmo, e salienta: "[...]será que com outro homem ele é assim também? Veremos o final da história”. 

Esposa filma momento do crime

Após entrarem em breve confronto verbal e trocarem acusações, Fábio Aguiar aparece no momento do vídeo com uma faca na mão em frente a um comercio local, no Bairro Santa Rita, na cidade de Governador Valadares/MG, onde o motorista discutia com o policial militar, que segundo informações prestadas posteriormente por testemunhas na Polícia Civil, seria seu vizinho.

Publicidade
Publicidade

No momento do #Crime, a esposa de Fábio, que filmava tudo, aparentemente duvidava que o policial Julio Cesar fosse capaz de disparar a arma, porém após uma breve troca de insultos, o policial dispara cerca de 5 tiros em direção à vítima, causando total desespero na esposa, que presenciava o momento do crime.

Policial está com mandado de prisão

A Policia Civil da cidade registrou boletim de ocorrência por homicídio. Foi solicitado a expedição de mandado de prisão preventiva contra o envolvido, que está foragido e é acusado de assassinar o vizinho, baseado no depoimento tomado de testemunhas que estavam no local e também no vídeo com as imagens que registraram toda a discussão e o momento dos disparos que atingiram a vítima de forma letal.

O homem faleceu momentos após o incidente. O policial que efetuou os disparos evadiu-se do local e esta sendo procurado pela polícia do estado de Minas Gerais.

Publicidade

O corpo de Fabio seguiu para o Instituto Médico Legal (IML) local, onde aguarda liberação, após autopsia, para confirmação da causa da morte

Autor dos disparos posta versão no Facebook

Em uma outra página no Facebook, intitulada 'Policiais Operacionais', de onde extraímos o vídeo, o administrador da página postou um comentário que teria sido supostamente redigido pelo policial envolvido, o sargento Júlio César, na qual ele relata parte da sua versão dos fatos, alegando estar sob ameaça constante de Fabio Aguiar. Veja no vídeo a brutalidade das imagens:

#Casos de polícia