O PSDB oficializou neste domingo 24, a candidatura de João Leite ao cargo de prefeito da cidade de Belo Horizonte. Ele é deputado estadual pelo partido tucano e será a terceira vez que se candidata à prefeitura da capital mineira.

O nome do deputado estadual João Leite foi unânime entre os membros do partido, assim como entre os apoiadores, DEM, PPS e PP.

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), tenta retomar forças para ocupar os cargos mais importantes do Estado mineiro, já que perdeu espaço nas #Eleições municipais e estadual, onde o PSB assumiu a prefeitura de BH em 2009 com Márcio Lacerda e em 2014 o #Governo de Minas Gerais, com Fernando Pimentel.

Publicidade
Publicidade

Com o desgaste do PT, neste novo senário político, o PSDB acredita que terá a chance de ocupar a Prefeitura de Belo Horizonte, já que João Leite é um homem já bem conhecido pelos belo-horizontinos e que a sua hora chegou de assumir a prefeitura de BH.

O atual prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, que quer lançar um sucessor a prefeitura, apostando em seu Secretário de Obras e Infraestrutura e braço direito, Josué Valadão, porém ele relatou que estava conversando com o Presidente Nacional do PSDB, Aécio Neves para entrarem em acordo, e lançarem juntos um nome em comum para Prefeitura de BH, porém não houve acordo e cada um poderá lançar candidatos próprios.

O PSDB queria que Josué Valadão fosse candidato a vice-prefeito de João Leite, unindo forças, porém, a falta de um consenso entre os partidos até agora, não foi possível.

Publicidade

Se caso Josué Valadão não for candidato a vice de João Leite, o nome de Denis Pinheiro do (PP) é o mais cotado para completar a chapa.

O (DEM) e o (PP), já anteciparam seu apoio ao candidato tucano João Leite, assim como o (PPS), que esta em diálogo com seus membros partidários se apoia ou não o candidato do PSDB. O Presidente do PPS diz que seu coração esta aberto para conversar com o PSDB, e que poderá ter seu apoio e do partido, já que em 2014 apoiou o candidato tucano nas eleições para o governo do estado. #Eleições 2016