O presidente do Senado, Renan Calheiros, do PMDB de Alagoas, passou por um momento constrangedor durante uma entrevista dada a jornalistas nesta quarta-feira, 11, quando começaram os discursos sobre a votação da presidente Dilma Rousseff no Congresso. Até o fechamento dessa reportagem, já na madrugada desta quarta-feira, 12, por volta de duas horas da manhã a votação ainda não havia sido dada. Ao conversar com repórteres, Calheiros foi vítima de um "momento falho". Um dente, que segundo meios de comunicação seria o seu pivô, caiu na frente de milhões de brasileiros, que depois ainda puderam rever as imagens através da internet. 

É bom ressaltar que o presidente do Congresso não confirmou ou negou se de fato era o dente dele que ali estava caindo em frente às câmeras.

Publicidade
Publicidade

Muitas gente acreditou se tratar de um suposto chiclete que Renan poderia estar mascando. No entanto, segundo depois da queda do objeto estranho, era possível notar um espaço entre os dentes do Senador.

Veja abaixo o vídeo que fez muita gente se surpreender

A votação do #Impeachment ficou maior até do que muita gente imaginava. Até o fechamento desta matéria, ainda faltavam mais de 20 Senadores a falarem. Além disso, o relator do impeachment, Antonio Anastasia e o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, também se pronunciarão por pelo menos 15 minutos antes da votação. Diferentemente do que aconteceu na Câmara dos deputados, os votos serão dados de uma única vez e não no microfone. Por isso, essa parte da votação tende a ser rápida e vista por poucos brasileiros, pois pode acontecer com o amanhecer do dia. 

Antes de deixar o Palácio do Planalto nesta quinta-feira, #Dilma Rousseff retirou seus pertences do gabinete presidencial.

Publicidade

Nesta quinta-feira, ela pretende fazer um ato no local que seria ao mesmo tempo de resistência e também para mostrar que ela ainda tem apoio. De acordo com o Senador Lindbergh Farias, eleito pelo Partido dos Trabalhadores (PT), no Rio de Janeiro,são esperadas mais de dez mil pessoas nessa reunião.  #Lula