Nesta quarta feira 18, uma mulher acima de qualquer suspeita, tentou aplicar golpes em Belo Horizonte, usando documentos falsos.

Fernanda da Silva Prado Claro, de 32 anos tentou comprar um celular em um Shopping no centro de Belo Horizonte, usando documentos falsos. A bela bandida, veio de São Paulo na segunda feira e nesta quarta feira tentou aplicar o golpe de estelionato, porém ela foi desmascarada. 

Os funcionários da operadora claro desconfiaram da mulher, que insistia na compra de um celular e ativação de créditos em sua linha de telefonia móvel, porém sem sucesso. Então os funcionários de outras lojas foram alertados sobre Fernanda, então eles chamaram a polícia, que constatou que ela usava documentos falsos.

Publicidade
Publicidade

Ao chegar no 6º Batalhão da Polícia Militar de Belo Horizonte, onde Fernanda ficou detida, os policiais encontraram vários outros documentos falsos, entre eles haviam, três carteiras de motorista, seis documentos pertencentes a um mesmo veículo, além de dua identidade. Segundo a PM, a estelionatária já foi detida em São Paulo por praticar golpes em lojas.

Fernanda, disse aos policiais que cometeu estes crimes devido a problemas financeiros, e que estava tentado adquirir um Iphone 6S, para revender em São Paulo e pagar uma dívida com aluguel. A estelionatária, tentou aplicar golpes em Sete Lagoa, antes de vir para BH, mas sem sucesso.

Com uma aparência elegante e bela, usando roupas de grife e bijuterias caras, Fernanda da Silva Prado Claro, não levantava suspeitas de que seria uma golpista, tentando adquirir mercadorias ilicitamente. 

A farsante vai ser ouvida nesta quinta feira pelo Delegado da 2ª Central de Flagrantes da Polícia Civil (Cefran). 

A Polícia Militar orienta aos comerciantes, que a atenção se redobre, já que os farsantes estão cada vez mais sofisticados e espertos.

Publicidade

Caso você desconfie de alguma pessoa que possa estar agindo de má fé, ou com atitudes suspeitas, chame a polícia, que fará uma vistoria no suspeito para ver se está com documentos falsos. Devido a crise em que o país esta passando, cresce o números de pessoas que agem de má fé, tentando enganar os comerciantes com a intensão de levar vantagem em uma compra. #Crime #Investigação Criminal #Casos de polícia