Esse artigo foi atualizado!

No último sábado, dia 20 de agosto, por volta das 15h, uma casa de oração da Congregação Cristã no Brasil no bairro Chácara Panorama, em Uberlândia, interior do Estado de Minas Gerais, foi alvo de assaltantes.

Segundo informações da Polícia, divulgadas pelo programa Balanço Geral MG, da Rede Record, dois dos três criminosos envolvidos na ação entraram na #Igreja, armados e encapuzados, e anunciaram um assalto aos fiéis presentes em uma aula de música realizada no local. A denominação religiosa mantém aulas de música sacra e erudita aos fiéis, gratuitamente, em suas dependências e possui a maior orquestra do mundo, em número de músicos, musicistas e organistas.

Publicidade
Publicidade

Durante a aula, oito adultos e quatro crianças foram surpreendidas e tiveram seus pertences levados pelos criminosos, que levaram sete aparelhos celulares, carteira com documentos das vítimas e três instrumentos musicais dos alunos, sendo um saxofone reto, um saxofone tenor e um clarinete. Além dos pertencentes, foram levados também cerca de seiscentos reais em dinheiro vivo e outros três mil e quatrocentos reais em cheque.

A ação criminosa durou em torno de quatro minutos e foi suficiente para chocar os fiéis, além de causar prejuízos financeiros consideráveis.

Redes sociais

Nas redes sociais, os membros da Congregação Cristã no Brasil ficaram comovidos com o caso, que repercutiu entre toda a irmandade. No aplicativo de comunicação instantânea WhatsApp, mensagens com testemunho dos fiéis presentes relatando o assalto foram amplamente viralizadas e pedidos de oração foram feitos em diversas páginas no Facebook.

Publicidade

De acordo com as mensagens, o clarinete roubado pertencia a uma criança de nove anos de idade que, traumatizada pela ação dos bandidos, vem apresentando dificuldade para dormir e febre, por ter tido duas armas apontadas sobre sua cabeça. A veracidade das informações das mensagens não foi averiguada até o fechamento desta notícia.

As mensagens servem de alerta à comunidade que ficará mais atenta. O caso vem sendo investigado pela Polícia e, até o momento, ninguém foi preso. #Gospel #Crime