Uma jovem de 19 anos, que estava desaparecida desde o dia 18 deste mês, foi encontrada dentro de uma represa, em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro. A vítima morava em Uberlândia.

Mas não se trata apenas de uma jovem morta dentro de uma represa (como se isso já não fosse o bastante) - a moça estava grávida, só que foi encontrada com a barriga aberta e o feto não foi encontrado, nem a placenta. A jovem se chamava Greiciara Belo Vieira e o seu corpo foi encontrado por dois ciclistas, na manhã de domingo (21), que passavam pelo local e viram o seu corpo boiando na Lagoa dos Paulistas, a uns cinco metros da margem.

De acordo com informações a moça estava com os pés amarrados com tecido e uma tela de arame envolvia o seu corpo, junto da tela, uma pedra grande, de cerca de dez quilos.

Publicidade
Publicidade

Os ciclistas chamaram a Polícia Militar (PM) e o Corpo de Bombeiros foi então acionado, retirando o corpo da jovem da água.

Carlos Antônio Fernandes, delegado regional da cidade, diz que o caso pode ser esclarecido em breve. Ele acredita que o #Crime tenha acontecido em Ituiutaba mesmo, e que a jovem tenha sido morta na sexta-feira. Segundo o delegado, já há uma linha de investigação, mas apesar disso, ninguém ainda foi preso.

O desaparecimento

O delegado declarou que a mãe de Greiciara registrou o seu desaparecimento no dia 18, em Uberlândia. Ele contou que, de acordo com a mãe da grávida, ela saiu para encontrar uma pessoa que supostamente entregaria um presente ao bebê e que depois disso, ninguém mais a viu.  A jovem grávida tem passagem na polícia, por ameaça, furto e envolvimento com drogas.

Publicidade

Greiciara estava com oito meses de gestação. Outro fato que o delegado contou foi que a jovem foi asfixiada com a roupinha do bebê. Sobre o bebê não há nada de informação, nem o sexo, nem se foi retirado com vida.

A delegada de homicídios de Ituiutaba, Roberta Borges, é que está agora conduzindo as investigações. Segundo ela, a linha de investigação não foi divulgada para que as informações não prejudiquem o trabalho de investigação. #Investigação Criminal