As disputas eleitorais nas pequenas cidades do interior de Minas geralmente são bem acirradas, mas alguns eleitores chegam a exagerar no espírito de competição e extrapolam os limites do respeito e da justiça. Como foi o caso ocorrido durante a madrugada desta terça-feira, 27, quando pessoas não identificadas picharam a casa de um candidato a prefeito da cidade de Itapecerica, localizada a cerca de 180 km de Belo Horizonte, no centro oeste mineiro.

Em uma postagem feita no #Facebook relatando o fato na manhã desta terça-feira, várias pessoas se manifestaram nos comentários, muitas delas afirmaram que tal ato seria uma grande falta de respeito para com o candidato Wirley Rodrigues Reis, conhecido como Têko, de 35 anos.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a publicação feita por Fabiano Lopes Ferreira na rede social, em que ele postou uma foto da residência do candidato pichada, a prática caracteriza crime de discriminação e dano ao patrimônio privado. As palavras chulas e de baixo calão escritas com uma tinta amarela sobre a parede da moradia retratam o tão discutido preconceito contra os homossexuais, e para Fabiano, a reação será na forma da lei.

"Nós vamos tomar as medidas policiais e judiciais cabíveis. Não vamos aceitar esta monstruosidade contra o nosso candidato", escreveu em sua postagem.

Para finalizar o texto publicado em seu perfil no Facebook, Lopes demonstrou sua preocupação com a mãe do candidato.

"Imagina como deve estar agora a mãe do Têko, a Dona Irani. Será que estes covardes não têm mães?", perguntou ele.

Em pouco tempo, diversos internautas passaram a comentar a ação de #Homofobia sofrida pelo candidato.

Publicidade

Um deles disse que a prática cometida chega a ser pior que uma agressão física.

"Esses atos homofóbicos arrancam pedaços e deixam marcas, muito mais que qualquer agressão física. Ao autor dessa infeliz atitude, lhe peço que seja humano ao menos uma vez na vida e veja o quanto é bom amar o próximo, quem sabe assim seja possível que se arrependa disso e se torne um ser melhor.", comentou o internauta. #Eleições 2016