Uma tragédia quase  aconteceu na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Uma mulher acabou sendo presa depois de atacar duas crianças dentro de uma creche particular. O berçário fica na localidade da Região de Venda Nova, no bairro Santa Mônica.

Segundo informações dos policiais, duas crianças ficaram feridas, uma menina de 4 anos e um garotinho de apenas 2 aninhos, as vítimas são irmãos. Elas foram atacadas a golpe de faca, mas, felizmente, não tiveram ferimentos graves.

As crianças foram socorridas e encaminhadas para atendimento médico no Hospital Risoleta Neves. O hospital informou, através de seus assessores de imprensa, que as duas crianças foram examinadas por um profissional.

Publicidade
Publicidade

Elas não sofrem nenhum risco de morte, estão passando bem e o estado clínico delas é estável.

A responsável pela agressão é uma mulher, de 55 anos e a principal suspeita é que ela tenha tido algum tipo de surto psicótico, pois ela tentou agrediu um neto.

A agressora foi encaminhada para o Cersam - Centro de Referência em Saúde Mental, para poder ser examinada. De acordo com a Polícia Militar, a mulher teria ido até a creche para poder esfaquear uma empregada do local. No entanto, a funcionária escapou, porém, as crianças ficaram machucadas.

Uma pessoa que presenciou o #Crime e preferiu não ser identificada, relatou que um dos alunos da creche saiu correndo do lugar pedindo socorro. De acordo com a testemunha, o menino saiu correndo, berrando desesperado e falou que tinha uma pessoa enfiando a faca nas crianças.

Publicidade

Na tentativa de socorrer as crianças, ela e algumas outras pessoas da vizinhança se reuniram na tentativa de entrar na creche, mas acabaram sendo impedidas de adentrar no local. A testemunha ainda contou que eles foram atendidos por uma pessoa que impediu a entrada falando que estava ocorrendo um pequeno problema com uma criança. Pouco depois, uma guarnição da polícia foi parada por eles, que solicitaram ajuda. Os policias entraram na creche e socorreu os meninos que estavam muito sujos de sangue.

A creche ainda não se manifestou pelo ocorrido. A agressora seria a mãe da dona do estabelecimento e já teria tido um surto nesta quinta-feira (15), onde atentou contra a vida do netinho de apenas 1 ano. #Investigação Criminal