Um búfalo provocou momentos de terror e deu um grande susto nos moradores e turistas de uma cidade histórica do interior de Minas Gerais. Um #Ataque violento de fúria de um búfalo provocou pânico pelas ruas do município de Sabará, localizada na região metropolitana da capital mineira, Belo Horizonte. O animal causou momentos de terror na cidade, espalhando temor pelas ruas por onde passou.

O búfalo acabou invadindo um hotel em Sabará. O fato aconteceu neste sábado (5) e deixou várias pessoas assustadas. A presença da polícia militar foi solicitada para ajudar a conter a fúria do animal, mas não houve jeito e o búfalo precisou ser abatido pelos policias.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações dos agentes da polícia que auxiliaram na ocorrência, o proprietário do animal e sua procedência não foram identificados.

De acordo com o relato de pessoas que presenciaram o fato, o búfalo percorreu várias ruas do município antes de chegar a invadir o estabelecimento. Os moradores levaram um grande susto com o animal que provocou alguns estragos por onde passou.

Ainda conforme os policiais, uma pessoa acabou machucada. A vítima não teve ferimentos graves, sofrendo apenas algumas escoriações leves pelo corpo, mas foi encaminhada para atendimento médico. Ela foi atendida em uma UPA – Unidade de Pronto Atendimento. Além de uma vítima, o búfalo provocou estragos nos veículos de vários moradores.

Os agentes da polícia militar ainda tentaram entrar em contanto com entidades que pudessem auxiliar no resgate do búfalo.

Publicidade

Eles tentaram ajuda com a zoonoses, bombeiros e até no zoológico. O intuito era conseguir que alguma dessas entidades tivesse algum tranquilizante para poder deixar o animal mais calmo e proceder a captura. Porém, depois de algumas tentativas sem êxito, optaram pelo abate do búfalo, antes que pudesse ocasionar algo mais sério, já que o animal se encontrava extremamente agressivo.

Abate do búfalo

Segundo os militares, o animal foi morto com vários disparos de arma de fogo. Os tiros foram dados na cabeça. Ninguém apareceu para reclamar a propriedade do animal, então não se sabe de quem seria o búfalo. Alguns boatos no município dizem que o animal seria usado para realização de um ritual de bruxaria. #Animais