Um #Ataque de cães da raça pit bull acabou causando momentos de terror e deixando feridos na noite do último sábado (5). O caso aconteceu em Minas Gerais, no município de Esmeraldas, região metropolitana da capital mineira, Belo Horizonte. As vítimas foram duas irmãs, de 2 e 4 anos, que ficaram bastante feridas com o ataque dos animais. As crianças precisaram ser encaminhadas para o hospital João XXIII, na capital. As duas meninas foram identificadas como Júlia, de dois anos, e Iasmim, de quatro anos. 

Iasmim teve ferimentos mais leves. A menina teve algumas escoriações pelo corpo e um corte mais profundo na região das costas.

Publicidade
Publicidade

A pequena Júlia, de apenas dois anos, ficou ferida com mais gravidade. Ela ficou com a face dilacerada pelo ataque e um dos cachorros arrancou uma de suas orelhas. Júlia precisou passar por um procedimento cirúrgico na noite deste sábado (5).

Entenda o caso

Segundo informações da polícia militar, as garotas foram atacadas por três cachorros da raça pit bull. No momento do ataque as crianças estavam acompanhadas da mãe que também foi agredida. O pai das crianças, Jordan Oliveira, disse que a filha mais nova estava nos braços da mulher quando sofreu o ataque.

Risco de infecção

Jordan relatou que a menina de dois anos ficou gravemente ferida no rosto, levando mais de 50 pontos na face. Ela ainda continua internada no hospital, devido ao alto risco de se contrair uma infecção. A filha de quatro anos passou por atendimento e já recebeu alta do hospital.

Publicidade

Dono dos cães socorreu as vítimas

Segundo consta no registro do boletim de ocorrência, muitas pessoas tentaram ajudar as garotas, mas somente depois que um homem desferiu muitos golpes de enxada os pit bulls pararam com o ataque. O proprietário dos cachorros é vizinho das vítimas e ajudou na prestação de socorro às meninas.

Rodrigo Souza, 39 anos, dono dos pit bulls, ficou à disposição da polícia de Ribeirão das Neves logo após ter auxiliado as vítimas. Não foi informado qual o destino dado aos cães que cometeram o ataque. #Cachorro