Na manhã de domingo, dia 18 de dezembro, o governador de #Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT) sobrevoou uma das áreas mais afetadas pelas chuvas da semana passada, o município de Ribeirão das Neves, na região Metropolitana de #Belo Horizonte.

Entenda

Uma cratera se abriu na LMG-806, em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte, causando a queda de um caminhão com cinco ocupantes. O motorista sobreviveu ao acidente, mas três passageiros morreram, duas mulheres e um homem, um bebê que também estava no veículo continua desaparecido. Os Bombeiros entraram no sétimo dia de buscas nesta terça-feira.

Na última quinta-feira, 15, a Prefeitura de Ribeirão das Neves decretou estado de emergência e o trecho da estrada que dá acesso a Justinópolis foi interditado.

Publicidade
Publicidade

As obras de recuperação do trecho já começaram e, inicialmente, parte da estrada estaria recomposta à partir de segunda-feira, no entanto, um novo prazo foi estabelecido após a visita das autoridades. Além do governador também estava o Secretário do Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares.

Após análise do local, o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER/MG) apontou que seria inviável fazer algo provisório e apostou que a reconstrução definitiva do trecho ficará pronta na próxima sexta-feira.

Ainda não existe uma estimativa de quanto será o gasto da obra. O DEER também está fazendo uma operação de emergência na cidade para tapar os buracos, devido a chuva forte as vias de maior trânsito do município estavam interrompidas. Os custos devem ficar entre R$ 5 milhões e R$ 6 milhões e a prefeitura estava sem contrato de manutenção, de acordo com o Governador.

Publicidade

Além disso, Pimentel também declarou que o município pode receber alguns valores do Estado, mas para que isso aconteça, é preciso que processos sejam revistos.

Alternativa

Por conta da interdição, diversas linhas do transporte coletivo foram afetadas, sendo que duas delas foram suspensas e as outras sofreram alterações no trajeto. Sem esse acesso, resta a população passar pela BR-040 em Contagem, também da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Uma alternativa marcada pelo tráfego congestionado. #Chuvas Torrenciais