A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, na última segunda-feira (26), Darley Augusto Lopes de Jesus, de 23 anos. O homem que foi apresentado ontem, 29, pela PCMG, é suspeito de matar Guilherme Augusto Santa Bárbara Pinto, de 24, e Michael Douglas Lacerda da Silva, de 20, no dia 30 de outubro deste ano, no bairro Petrolândia, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Darley foi preso em cumprimento de mandado de prisão temporária, no bairro Glória, em Contagem.

Segundo a polícia, no dia do #Crime, Darley e Michael entraram na casa de Guilherme onde estavam ele, a esposa e o filho, de três anos, para matá-los.

Publicidade
Publicidade

Guilherme tentou fugir, mas Michael correu atrás dele. Foi então que Darley atirou e com um único disparo acertou Guilherme e o comparsa Michael. Além de comparsa, Michael também era namorado da irmã de Darley.

De acordo com as investigações, Darley e Guilherme seriam integrantes de gangues rivais, e a motivação do crime seria a disputa pelo tráfico de drogas na região.

Entenda

Em depoimento à polícia, duas primas de Guilherme, uma de 17 e outra de 20 anos, contaram como o crime aconteceu. Elas estavam em uma festa no bairro Arcádia, em Contagem, quando foram sequestradas por homens encapuzados e armados.

Os autores do sequestro teriam obrigado ambas a entrarem em um veículo prata e elas foram forçadas, sob ameaças de morte, a revelar onde Guilherme estava. Ao chegarem à casa dele, uma das primas tocou o interfone, entrou na casa e chamou pelo rapaz.

Publicidade

Os autores, então, entraram e efetuaram os disparos.

No entanto, a polícia acredita que o relato das primas de Guilherme não seja verdadeiro. Testemunhas que estavam na festa contam que elas não saíram do local sob ameaça de armas. Segundo a delegada responsável pelo caso, Gislaine Rios, da Delegacia Especializada de Homicídios de Contagem a participação das primas de Guilherme ainda está sendo apurada.

A polícia ainda procura por pelo menos mais um suspeito que também estaria envolvido no crime: David Zimmerman Campos, de 24 anos. O mandado de prisão temporária já foi decretado pela Justiça e a polícia pede ajuda da população para a prisão. “Qualquer denúncia pode ser feita através do número 181, de forma anônima”, acrescenta a delegada Gislaine Rios.

Outros crimes

Harley já era conhecido da polícia, pois possuía passagens pelos crimes de tráfico de drogas, roubo e associação para o tráfico. Guilherme também tinha passagens, mas por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, roubo e falsa identidade. Michael possuía passagens anteriores por roubo e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

A polícia ainda apura a participação dos três envolvidos, Darley, Guilherme e Michael, em outros crimes na região de Contagem. Darley, inclusive, foi reconhecido por uma testemunha como o autor de outro homicídio, ainda em investigação. #assassinato #Casos de polícia