A #Violência é crescente em todo o Brasil e a população de nosso país se sente cada vez mais refém do medo. As vítimas dos mais diversos crimes se multiplicam diariamente e a sensação de insegurança aumenta diariamente.

O #Vídeo de um crime que aconteceu em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, vem sendo compartilhado nas redes sociais e chama a atenção pela violência empregada pelos assaltantes contra a vítima.

De acordo com o portal de notícias online do jornal 'O Tempo', uma mulher de 32 anos foi arrastada pela rua por uma dupla de assaltantes que estavam em uma moto. O crime aconteceu na manhã da última segunda-feira (8), no bairro Serra, região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Publicidade
Publicidade

A fisioterapeuta viveu momentos de terror e ficou muito ferida depois de ser covardemente agredida. As imagens com toda a ação dos criminosos foram flagradas por uma câmara de segurança na rua onde o crime aconteceu.

Imagens flagram ação violenta de assaltantes

A fisioterapeuta de 32 anos saía de casa para o trabalho quando foi abordada por dois homens armados em uma moto que anunciaram o #assalto e tentaram arrancar a mochila que ela levava nas costas. Porém, a alça da mochila ficou presa no ombro da mulher. Mesmo assim, os assaltantes saíram em alta velocidade arrastando a vítima por alguns metros pela rua.

Nas imagens é possível ver a mulher indefesa sendo puxada pela moto. Ela se debate tentando se soltar, mas não consegue. Foi então que o condutor da moto parou e os dois homens começaram a agredir covardemente a mulher, com socos, pontapés e coronhadas.

Publicidade

Veja o vídeo com as imagens do crime:

O assalto aconteceu próximo ao local onde a mulher reside, na rua Monte Alegre, por volta das 7h da manhã de segunda-feira.

Depois de ser agredida, ela chegou a perder a consciência e foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII.

O pai da vítima, que também não foi identificado, viu a filha sendo assaltada pela janela de casa. Ele disse que ficou desesperado ao presenciar tamanha violência. Segundo o homem, a filha levou muitos chutes e murros e afirmou que ela ainda está com marcas em todo o corpo.

Identificados

De acordo com informações repassadas pelo pai da vítima, a Polícia Militar teria afirmado que os assaltantes foram identificados e que estão buscando o paradeiro dos criminosos.

A Polícia Civil também informou que desde a manhã de segunda-feira, as investigações estão sendo feitas e que há diligências nas ruas. A vítima e testemunhas já foram ouvidas.