Alexa
Publicidade
As notícias do momento

Chocante: ex-médico condenado à prisão se veste de mulher e comete suicídio

Policiais que foram à residência de Farah prendê-lo se depararam com uma cena chocante.
O médico Farah Jorge Farah, que em 2003, matou, esquartejou e escondeu o cadáver de sua paciente e amante Maria do Carmo Alves, foi encontrado morto hoje (22), por policiais, em sua residência, na Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo. Farah chegou a cumprir quatro anos de cadeia pelo crime mas em 2007, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) permitiu que ele respondesse em liberdade, enquanto o processo sofria vários adiamentos e reviravoltas. Ele estava em prisão domiciliar, mas hoje, após nova decisão da Justiça, o ex-médico retornaria para o regime fechado. Quando os policiais chegaram com a ordem para buscá-lo, o chamaram várias vezes, mas não obtiveram resposta. Com a ajuda de um chaveiro e de uma escada, os agentes entraram na casa e quando chegaram ao segundo andar se depararam com um cena chocante. Ex-médico preparou um estranho ritual para a morte Segundo o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, Farah preparou uma espécie de ritual para sua morte. Colocou uma...
Publicidade