Os ingressos para o Grenal de domingo (3), que decide o Campeonato Gaucho, estão esgotados. Com isso, tanto a torcida em geral quanto a Torcida Mista vão lotar o Gigante da Beira-Rio, do #Sport Club Internacional, em Porto Alegre. O que chama mais atenção é que o espaço para a torcida mista, onde os torcedores do Internacional irão acompanhados de torcedores do Grêmio, seus convidados, tenha lotado completamente, mostrando que a ideia do vice-presidente de administração do Internacional, Alexandre Limeira, que vai ser colocada em prática pela 3ª vez em Grenais, é digna de todos os elogios.

Vereadores da Câmara Municipal de Porto Alegre apresentaram projeto que torna obrigatória a existência de espaço reservado a torcida mista, em todos os Grenais ou, possivelmente, em outros confrontos, não só de #Futebol, que envolvam forte presença de torcidas rivais na mesma praça de esportes.

O projeto, ainda em fase embrionária, pode ser inspirador de outros, tanto municipais, estaduais ou, até em abrangência mundial, como aconteceu com a criação do Fórum Social Mundial,

O Fórum Social Mundial nasceu por uma ideia concebida em Porto Alegre, como contraponto ao Fórum Econômico Mundial, de Davos, que foi aceita por ativistas dos mais diversos países e contemplou o desejo de mostrar que “um outro mundo é possível”, O Fórum Social Mundial hoje é reconhecido mundialmente e passou a ocorrer alternadamente em muitas cidades do mundo.

Publicidade
Publicidade

A ideia da torcida mista está sendo saudada nos mais diversos lugares, com manifestações favoráveis a sua implantação imediata nos locais onde as rivalidades descambam para a #Violência, como um fraternal remédio, que devolva o brilho e a paz aos apaixonados contendores esportivos.

Num tempo onde a repressão é apontada como panaceia geral, para combater a violência nos estádios, usando também de violência, num movimento crescente de perdas e ódios, se constatou, nos últimos dois Grenais que a simples presença de uma torcida mista, fraterna e respeitosa, no estádio, aplacou e inibiu os baderneiros e revanchistas de se manifestarem, diante de um contagiante clima de torcida sadia e harmoniosa.

Coincidentemente, o jargão utilizado no Fórum Social Mundial, “um outro mundo é possível” se encaixa com todas as letras na iniciativa atual. Com boa vontade e uma boa dose de criatividade, é sempre possível alcançar a Paz.