Para quem está procurando uma colocação no mercado de #Trabalho ou mesmo para quem quer trocar de emprego visando a estabilidade de um cargo público, uma ótima notícia: o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística já está aguardando autorização do ministério para poder realizar um concurso público novo com o objetivo de compor o seu quadro de servidores. A má notícia é que o concurso do IBGE inicialmente prevê a disposição de 1.564, mas existe a possibilidade de o MPOG autorizar um número de #Vagas bem menor do que essa expectativa.

Em maio ocorreu um encontro entre o Ministério do Planejamento e a Associação dos Trabalhadores do IBGE e na ocasião o concurso foi um dos assuntos em pauta, porém o Ministério se comprometeu a se posicionar de maneira efetiva apenas no final do mês de junho.

Publicidade
Publicidade

Ao que se sabe, a maioria das vagas serão para o cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas que exige apenas o nível médio, a estimativa é que seja mil vagas para esse cargo. O restante das oportunidades serão para Tecnologista e Analista, ambos com exigência de ensino superior.

Se o concurso público for autorizado em junho é provável que as provas sejam aplicadas ainda esse ano, caso contrário o processo seletivo ficará para o ano que vem.

A demora na autorização de novos concursos públicos se dá pelo corte de gastos que o governo está fazendo, assim, estão segurando o máximo de tempo possível para não contratar mais gente e inflar as contas.

Esse é um dos concursos mais aguardados para esse ano de 2015, afinal o salário de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas chega a R$ 4.789,78 contando com todos os benefícios e gratificações.

Publicidade

Já para Analista e Tecnologista a remuneração total é de R$ 8.691,63. Além dos excelentes salários, outro fator que faz com que esse certame seja bastante aguardado é a possibilidade de oportunidades para todo o território nacional.

Aos concurseiros de plantão resta esperar que o concurso seja autorizado logo. Essa demora pode ser vista como algo positivo, pois é mais tempo para que os candidatos se preparem para a prova objetiva. #Edital