A vida da piauiense Cyntia de Sousa foi transformada com um fato bastante inusitado: ela descobriu que estava grávida já no dia de fazer o parto. A enfermeira de 32 anos não sabia da gravidez e fez uma cirurgia bariátrica. Para poder passar pela cirurgia, ela precisou realizar diversos exames tanto no pré quanto no pós-operatório, porém, em nenhum deles a gravidez foi constatada.

Para Cynthia foi um susto, ela sentiu muito medo quando começou a sentir dores e pensou que estava entre a vida e a morte quando na verdade estava em trabalho de parto.

Ela estava em uma viagem de férias em Passagem Franca-PI com o namorado quando começou a passar mal e pensou ser uma complicação da cirurgia.

Publicidade
Publicidade

Para controlar a dor ela tomou dolantina e morfina. De ambulância, ela precisou ser transferida para Teresina, cidade que fica a cinco horas de viagem. Segundo ela, a dor era muito forte e mesmo tomando remédios era impossível controlar. A barriga dela não cresceu e o ciclo menstrual estava normal, por isso ela nem desconfiou.

Ao chegar em Teresina, o médico pediu um raio-X e conseguiu ver a coluna do bebê. Ela foi encaminhada as pressas para a maternidade, pois já estava perdendo os sentidos. Durante o parto, Cynthia sofreu uma grave hemorragia e o neném teve que ser reanimado em função de uma dificuldade para respirar.

Quando soube da gravidez, ela já estava perdendo os sentidos e por isso não acreditou. Quando acordou, depois do parto, achou que tudo era uma alucinação, ela olhava para o bebê e não conseguia sentir que era seu filho, pois achava que iria acordar e nada daquilo teria sido real.

Publicidade

Quando viu que era tudo real, a enfermeira se apaixonou pela criança. Segundo ela, a missão de Antonio foi transformar sua vida, tudo foi um susto, mas um filho sempre é uma benção. Para Karlos, pai de Antonio, ter um filho é seu maior presente, mesmo tendo sido pego de surpresa.

Hoje o bebê já está com três meses de vida e vem sendo acompanhado por um pediatra para verificar se a ausência de pré-natal, a cirurgia bariátrica e os remédios que a enfermeira tomou deixaram sequelas na criança. #Família