A vacinação contra a gripe no país começou na segunda-feira, 4, e vai permanecer até o próximo dia 22. Porém, nesse sábado, 9, será o dia D da Campanha de Vacinação. Espera-se um número três vezes maior de pessoas para serem vacinadas. Segundo o Ministério da Saúde, a gripe é uma das maiores responsáveis por mortes vindas de pneumonias e influenza.

Caso as pessoas não se vacinem antes do inverno, esses números podem aumentar drasticamente. Porém, com a vacina, o índice pode se reduzir de 32% a 75% dos mortos por complicações dessas doenças. Ainda segundo o Ministério, a dose é segura e é a medida mais eficiente já encontrada para combater as complicações vindas dos casos graves da gripe.

Publicidade
Publicidade

As pessoas mais vulneráveis são: crianças a partir de 6 meses de idade e as crianças que tenham até 5 anos de idade, os trabalhadores da saúde que mantém contato com doentes, idosos, gestantes, os povos indígenas, mulheres que estão antes dos 45 dias do trabalho de parto, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, pessoas com condições clínicas especiais (esses precisam levar uma indicação médica), funcionários do sistema prisional e os presos.

A vacina, quando entra no organismo humano, leva em média de duas a três semanas para que os anticorpos comecem a produzir a proteção eficiente contra a gripe. Por isso, é importante que as pessoas recebam a doze o quanto antes, pois, caso o inverno chegue, o risco dobra.

Como acontece o processo de transmissão da gripe de pessoa para pessoa?

Ela ocorre quando há contato com secreções das vias respiratórias expelidas por alguma pessoa que esta contaminada.

Publicidade

Isso pode acontecer quando a pessoa contaminada fala, tosse ou respira. Há outras formas de transmissões mais simples, como é o caso de que uma pessoa contaminada pode passar a doença a partir de um aperto de mão ou quando utiliza algum objeto de uso para beber água (como copos), ou objetos que se utilizam para se alimentar (talheres) e pratos.

E os sintomas, quais são?

Antes de tudo, é preciso lembrar que como qualquer doença, a gripe precisa ser tratada em seu estágio inicial. Quando sentir os sintomas, a pessoa precisa tomar as medidas cabíveis o quanto antes. Os sintomas vão de tosse, dor na garganta, falta de ar, prostração, febre, dor de cabeça ou muscular, e dor nas articulações.

É importante lembrar também que alguns dos sintomas são parecidos com o da dengue. Tanto quanto a dengue, a gripe também mata. Caso o sistema imunológico da pessoa esteja frágil, ela vai causar estragos enormes ou até mesmo a morte. #Dicas #Curiosidades #Tratamento