A cada dez presos no Brasil, quatro são mantidos detidos sem terem sido se quer julgados. A informação é fruto de pesquisa realizada pelo Sistema de Informações Penitenciarias (Infopen) e divulgada na última quarta-feira, dia 03 de junho. Ainda de acordo com os dados registrados na pesquisa, cerca de 38% dos presos no Brasil não passaram por processo de julgamento e, logo, não tiveram suas condenações oficializadas.

No entanto, todos estes são mantidos em presídios e penitenciarias, juntamente com aqueles que já tiveram seus casos julgados judicialmente e, com isso, receberam suas devidas condenações em tribunal.

A pesquisa ainda identificou o grande aumento de presos no país.

Publicidade
Publicidade

Em quase 10 anos, o número saltou para aproximadamente 75% de crescimento da população carcerária. Em números absolutos, o número chega a mais de 500 (quinhentos) mil presos em todo o Brasil. Os negros, principalmente jovens com menos de 30 anos, e do sexo masculino, ainda representam a maioria dos encarcerados no país. #Legislação