Um acidente aéreo aconteceu na cidade de Belo Horizonte neste domingo (7) e deixou três mortos. Logo após levantar voo, com menos de 3 minutos de viagem, o pequeno monomotor caiu sobre uma casa. O acidente está sendo investigado e ainda não se sabe as causas.

A ocorrência destes acidentes está se tornando indesejável. Muitos deles são devido a falhas mecânicas, muitas vezes descuidadas. A ANAC - Agência Nacional da Aviação Civil deveria redobrar as exigências colocadas para liberação de voos, ignorando a influência que alguns donos destes pequenos aviões tem junto aos responsáveis.

Segundo uma testemunha, o avião caiu em parafuso e perdeu altitude rapidamente.

Publicidade
Publicidade

Os observadores correram para o fundo do terreno e ficaram a salvo de suas consequências.

A família estava reunida. Era tempo da corrida, onde os brasileiros ainda continuam aguardando alguém que consiga substituir o ídolo Sena. Logo depois, seria a hora e a vez da seleção, com muitos torcendo contra, favoráveis à queda do técnico, ligado aos corruptos recentemente descobertos.

O pequeno monomotor partiu do aeroporto da Pampulha às 15:20 com tempo bom. Logo após a queda o avião pegou fogo. O piloto, acompanhado de mais dois tripulantes faleceram no acidente e uma pessoa ainda não identificada está ferida e hospitalizada, mas sem risco de vida. Dos dois moradores, um deles estava em casa, mas não sofreu nada além do susto.

O avião se dirigia para uma fazenda (Sequoia) em uma cidade próxima (Setubinha).

Publicidade

Até a divulgação da notícia pelo agência de O Dia, haviam sido encontrados dois corpos, ainda não identificados, e a busca pelo terceiro seria reiniciada logo ao amanhecer. Os três tripulantes tem suas identidades conhecidas, segundo informações do proprietário do avião, que logo após o acidente, foi até o local da ocorrência. Mas os corpos e identidades ainda não haviam sido relacionadas.

O avião era um modelo BE-90 King Air e estava a trabalho das empresas do proprietário, o grupo Multisanto, que é dono das marcas "Café Três Corações" e dos "Sucos Mais". A empresa prometeu assistência as famílias dos envolvidos. #Blasting News Brasil