Poucos países já se manifestaram sobre de que lado estão no impasse entre Argentina e Inglaterra quanto à soberania das Ilhas Malvinas ou Falklands. O Brasil é um desses países, e já declarou total apoio aos argentinos. O governo brasileiro, inclusive, já se pronunciou afirmando que o apoio aos "hermanos" é antigo. Em 2012, o país chegou a barrar navios que aportassem na costa brasileira com a bandeira de Falklands (como o arquipélago é chamado pelos ingleses).

Segundo o diretor pedagógico Célio Tasinafo, o apoio brasileiro tem coerência. "O posicionamento do Brasil ao lado da Argentina é histórico, desde a ocupação no século XIX, o governo brasileiro se mostrou solidário com a reivindicação argentina; durante a Guerra das Malvinas (1982), o Brasil também se mostrou a favor da Argentina, mas sem enviar apoio militar.

Publicidade
Publicidade

A posição brasileira corrobora com a tentativa de estreitamento dos laços entre os países do MERCOSUL, com possíveis ganhos econômicos no futuro", afirma.

"Creio que a posição diplomática do Brasil é coerente, levando em consideração que atualmente o país não colhe nenhum dividendo econômico com a ocupação inglesa, contudo se a situação de domínio mudasse para a posse da Argentina, o governo brasileiro poderia negociar acordos econômicos de exploração da região", explica Tasinafo. #Negócios