O primeiro caso de AIDS no Brasil foi oficialmente registrado no ano de 1982. Durante a década de 1980, a #Doença viveu o seu período de crescimento no país, culminado com os mais de 10 mil novos casos diagnosticados no ano de 1990, ano emblemático da doença no Brasil, devido a morte do cantor e compositor brasileiro Cazuza. Em 2002, o número de casos de AIDS registrados no país chegava a aproximadamente 600 mil.

Desde meados dos anos 80, quando os primeiros casos começaram a ser registrados, o Governo Federal iniciou uma série de programas com o objetivo de conter o avanço da AIDS no país. Várias estratégias de difusão da informação sobre a doença foram efetivadas, o que ajudou a diminuir o número de pessoas infectadas com o vírus, sobretudo, a partir do início dos anos 2000.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do Departamento de DST, cerca de 530 mil pessoas vivem com HIV no Brasil. Essas pessoas cada vez mais conseguem levar uma vida comum, devido aos avanços dos medicamentos ao longo dos anos. Apesar da queda do número de infectados no país, estimasse que 35 mil novos casos ainda são registrados anualmente no Brasil, o que continua sendo combatido pelos programas governamentais de saúde.