O jovem Carlos Antônio dos Santos de 28 anos e 420 kg finalmente começou seu #Tratamento contra obesidade mórbida da qual vem sendo acometido desde os 15 anos de idade. O jovem paraibano Carlinhos, como é chamado carinhosamente por seus familiares e conhecidos, foi transferido na madrugada da última quinta-feira (9) para o Hospital das Clínicas no Recife, conforme informações do G1.

Carlinhos passou os últimos dois anos sentado no chão da sala de sua casa, pois devido ao seu elevado peso já não podia mais se deitar e caminhar. 

Transferência de Carlinhos 

Foi montada uma verdadeira força-tarefa para que fosse possível transferir Carlinhos.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o segundo tenente do corpo de bombeiros Laurentino da Silva, a operação de transferência foi iniciada ainda de madrugada. Foi necessário retirar todos os bancos de uma van e foram designados para auxiliar a retirada de Carlinhos de casa duas equipes dos bombeiros com oito homens cada.

A transferência também foi acompanhada por uma equipe de médicos e enfermeiros para garantir a segurança do paciente. A transferência ocorreu com tranquilidade e Carlinhos chegou bem ao hospital, onde vai receber auxilio psicológico, psiquiátrico e nutricional. Segundo o médico Pedro Augusto Dias, que acompanha o caso de Carlos já há cinco anos, ele tem vários problemas de saúde, entre eles, pressão alta, diabetes, problemas respiratórios, urinários e de pele.

Para fazer a cirurgia bariátrica de que tanto precisa, Carlos precisa perder peso e ter seu quadro de saúde estabilizado.

Publicidade

Início do tratamento Segundo o Hospital das Clínicas de Recife, Carlos passou bem nas primeiras horas de internamento. Já foi avaliado por várias equipes do hospital. No primeiro momento do dia ele teve sua higienização feita no próprio leito e por causa das várias úlceras e feridas muito infectadas na perna, os responsáveis pela comissão infecção hospitalar e de infectologia, orientaram os enfermeiros que vão cuidar dos ferimentos, de como proceder com os curativos que devem ser feitos com carvão. 

Família de Carlinhos

A mãe de Carlinhos, a dona de casa Cacilda Patrocínio dos Santos e sua irmã Fabiana Santos de Freitas, vão se revezar para acompanhá-lo no hospital. Cacilda relata que Carlos ganhou muito peso depois dos 15 anos. Ele tem problemas psicológicos e segundo sua mãe ele age como uma criança, tem compulsão por alimentos, sempre pedindo comida e para jogar vídeo game. Ela afirma que se desse a ele a quantidade de comida que ele sempre pedia, provavelmente já teria morrido.  #Organização Mundial de Saúde #sistema de saúde