Foi inaugurada hoje (15), em Laguna/SC, a ponte Anita Garibaldi. A cerimônia de inauguração contou com a presença do governador do estado, Raimundo Colombo, e da presidente Dilma Rouseff, que discursou no local. "O que nós queremos no Brasil é que, entre nós, construam-se pontes. Juntos, somos capazes de superar dificuldades", disse a presidente.

Dilma também afirmou que Santa Catarina é um dos estados que mais lhe orgulha no país e que a parceria com SC não se encerra na inauguração da ponte, referindo-se às outras obras federais no estado, como as da BR-470.

A presidenta aproveitou a cerimônia para falar do momento econômico do Brasil.

Publicidade
Publicidade

"Hoje estamos passando por dificuldades econômicas, mas quero dizer pra vocês que tem gente que diante da dificuldade desiste. Nós não somos esse tipo de gente.", afirmou.

Outra solenidade estava marcada também para hoje, no Túnel do Formigão, em Tubarão/SC - outra grande obra da parte sul da BR-101. A inauguração do túnel, que foi adiada, não tem data prevista, segundo o DNIT.

Com um custo final de R$ 760,8 milhões - valor superior ao orçado para o projeto - investidos durante os três anos da obra, a nova ponte foi anunciada em 2004, pelo então presidente Lula. Prometida para 2010, a obra sofreu diversos adiamentos até que fosse iniciada em 2012.

A ponte será liberada para o tráfego na quinta-feira (16), após o meio dia.

Benefícios para a região

A maior obra da BR-101 Sul liga os bairros Bananal e Cabeçudas, substituindo a antiga ponte Henrique Lage.

Publicidade

Os trechos de lentidão e filas na antiga ponte chegam a atingir 20km de extensão nos finais de semana de verão, atrasando em cerca de 2h o percurso no trecho. Congestionamentos também são frequentes nos horários de pico dos dias úteis.

O alívio no tráfego proporcionado pela nova ponte também se traduzirá em melhorias de desempenho em vários setores, segundo especialistas. Indústrias locais comemoram a maior possibilidade e facilidade de escoamento da produção. Aliada a conclusão das outras obras que finalizarão a duplicação da BR-101 Sul, a ponte possibilitará avanços logísticos significantes para a região com relação ao restante do país e o Mercosul.

Em matéria do jornal Zero Hora, o especialista em logística Paulo Menzel estimou em quase 8% a redução de tempo e custos para ao transporte de mercadorias na região após a inauguração.

Quanto ao turismo, a nova ponte favorecerá o acesso dos visitantes do sul do Brasil e de países como o Uruguai e a Argentina ao estado. Segundo apurou o Diário Catarinense junto à Santa Catarina Turismo (Santur), o fluxo de turistas aumentará em 10%

A ponte

Ao todo, a ponte Anita Garibaldi atinge 2,8km de extensão.

Publicidade

A largura total é de 25,3 metros, comportando duas faixas de cada lado, além dos acostamentos.

A parte estaiada, que sustenta um vão central livre de 400 metros, conta com dois pilares de 50 metros de altura, onde são presos os 60 cabos de aço da estrutura. As estacas de sustentação dos pilares chegam a 45 metros de profundidade. #Governo #Dilma Rousseff